stranger_things_nancy

Por Que Stranger Things não Deve Ter um Final Feliz?

Desde o término da quarta temporada de Stranger Things, o destino de Hawkins, Indiana, e de seus habitantes permanece um mistério tanto para os espectadores quanto para o elenco do programa. Com a influência do Mundo Invertido se infiltrando no mundo real e a ameaça iminente de Vecna, a situação para a gangue de Hawkins parece cada vez mais sombria.

+ Quer ganhar um teste de até 1 MÊS GRÁTIS DE STREAMING? Clique Aqui e aproveite!

O Fim Definitivo de Stranger Things

A quinta temporada de Stranger Things está destinada a concluir essas narrativas, encerrando a série de uma vez por todas. No entanto, antes de alcançar esse ponto, o programa tem uma série de desafios a superar.

Existe uma grande expectativa para que Stranger Things entregue um desfecho satisfatório, o que significa dar adeus a seus principais personagens e enredos de forma adequada. Além disso, é necessário abordar uma questão que persiste há algumas temporadas — embora fazê-lo possa frustrar as esperanças de um membro do elenco para o final.

Finn Wolfhard, intérprete de Mike Wheeler, revelou sua visão para o desfecho da série durante uma entrevista. Ele expressou o desejo de ver um final feliz “estilo Senhor dos Anéis” para Stranger Things, comparando a série à grandiosidade de O Retorno do Rei. Embora essa visão possa parecer tentadora, ela desconsidera um problema significativo enfrentado pela série: a falta de consequências significativas para os principais personagens.

Por Que Stranger Things não Deveria Ter um Final Feliz

Durante suas quatro temporadas, Stranger Things viu seus personagens enfrentarem ameaças sobrenaturais massivas e saírem vitoriosos. Embora sacrifícios tenham sido feitos, eles geralmente foram mantidos no mínimo, e quase sempre envolveram um novo personagem secundário em vez de um dos protagonistas da série. Essa falta de consequências diminui a credibilidade e a tensão da narrativa, tornando difícil para os espectadores se envolverem totalmente com a história.

Para abordar essa questão, a quinta temporada de Stranger Things precisa adotar um final agridoce que reconheça os sacrifícios feitos pela gangue de Hawkins. Embora os heróis possam triunfar no final, eles devem fazê-lo a um custo significativo. Essa abordagem adicionaria peso à narrativa e proporcionaria uma resolução mais satisfatória para os fãs.

Em última análise, um final agridoce provavelmente funcionaria melhor para Stranger Things do que um final feliz definitivo. Isso honraria o legado da série e deixaria os fãs satisfeitos sem ignorar uma crítica importante ao programa. Embora a quinta temporada de Stranger Things não possa agradar a todos, essa abordagem atende aos pontos mais importantes.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.

Magui Schneider

Magui Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.

Fã de filmes e séries investigativos, suspense psicológico, comédias, dramas e ação.

Minhas séries favoritas são La Casa de Papel, The Sinner, Sense8, Stranger Things, O Mundo Sombrio de Sabrina, Black Mirror, Lúcifer, Orange Is The New Black, Vis a Vis, Desejo Sombrio, Três Vidas, entre outras.

Já meus filmes favoritos são Jurassik Park, Bird Box, O Limite da Traição, Imperdoável, entre outros.
Amo os filmes de ação com The Rock.

Para relaxar, gosto de uma boa comédia pastelão, incluindo As Branquelas e Os Farofeiros. E como fã incondicional de Paulo Gustavo, sou muito fã de todos os filmes "Minha Mãe é uma Peça".