Minha Série Favorita
Notícias, spoilers e críticas de filmes e séries, no streaming, cinema e TV.

Plano com anúncios da Netflix chega em novembro; saiba mais

Plano com anúncios da Netflix chega em novembro. Confira os detalhes divulgados até agora e quando será o lançamento.

0

Tempo estimado de leitura: 4 minutos

Finalmente está perto da data da Netflix lançar o seu novo plano com anúncios. A novidade que gerou polêmica em seu anúncio, terá um preço mais acessível. Isso aconteceu, porque a líder dos streaming perdeu bastante assinantes ao aumentar o valor da mensalidade. A data de lançamento do plano com anúncios da Netflix será no dia 1º de novembro de 2022. Portanto, as informações são da revista americana Variety e do jornal The Wall Street Journal.

O serviço terá publicidade para assinantes que optarem por essa modalidade, que será mais barata do que o modelo atual, sem anúncios. O lançamento deve ocorrer primeiramente neste ano nos mercados dos Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, França e Alemanha, de acordo com as fontes.

O que se sabe até o momento do Plano com Anúncios da Netflix?

Em julho, a Netflix comunicou investidores que um plano com anúncios deveria chegar ao mercado no início de 2023. A antecipação, segundo a Variety, vem para competir com a estreia do serviço similar da Disney. A maior concorrente da gigante do streaming, planejada para 8 de dezembro.

Além disso, a Netflix está cobrando de anunciantes o custo de cerca de US$ 65 por milhares de visualizações para vender anúncios na internet, com disposição para negociar o preço com o mercado.

De acordo com a Variety, o valor é bem acima dos US$ 20 cobrados pelo restante do mercado. Sendo assim, espera-se que a companhia use o modelo de leilão holandês para definir os preços.

Com auxílio da Microsoft, o serviço com anúncios deve ter uma comercialização entre US$ 7 e US$ 9 no mercado americano. Com expectativa da própria Netflix de 500 mil assinantes até o fim deste ano. Só que até agora, não existem detalhes sobre como devem ser os anúncios.

Há a possibilidade de a companhia não diferenciar o que deve ser exibido para usuários a partir de localidade, idade, gênero ou outras informações utilizadas por concorrentes, como YouTube, para melhor eficiência.

Para a Variety, a Netflix confessou que nada foi definido por enquanto. “Estamos no início de decidir como lançar um modelo mais barato com anúncios”, comentou um porta-voz da empresa.

Interesse da Netflix é recuperar o número de assinantes que perdeu

O lançamento deste novo plano de assinatura pode ajudar a expandir o número de assinantes da Netflix. Que já perdeu 1,2 milhões de usuários em 2022, algo inédito para a companhia.

Além disso, a companhia pretende expandir a “taxa do ponto extra”, valor adicional cobrado de contas acessadas de diferentes endereços. Segundo estimativas internas, a taxa deve afetar cerca de 100 milhões de lares, o que vai ajudar a engordar a base da empresa.

Por fim, no momento, a Netflix possui 220,6 milhões de assinantes em todo o mundo, permanecendo como o maior serviço de streaming de filmes e séries de televisão. Lembrando que, desde agosto deste ano, a Disney ultrapassa esse número. Só que somente quando se soma o número de assinantes de todos os seus streamings juntos sendo eles, Disney+, Hulu, Star+ e ESPN+.

Curtiu a matéria? Então veja outras notícias que você pode gostar de ler aqui:

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe a gente no Google News e não perca uma matéria do nosso site.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Você pode cancelar, se desejar. Aceitar