wicked-hist

Wicked: Qual a origem do filme? Por que ele será dividido em duas partes?

Um dos musicais mais aguardados dos últimos anos, “Wicked” finalmente chega aos cinemas, mas suas origens podem causar alguma confusão. Com direção de Jon M. Chu (“Em um Bairro de Nova York” e “Podres de Ricos”), o filme traz Ariana Grande e Cynthia Erivo nos papéis principais e um elenco recheado de estrelas.

Depois de muita espera, incluindo uma pausa nas filmagens em 2023, o primeiro trailer de “Wicked” chegou e promete uma adaptação incrível. Mas com várias histórias interconectadas, você sabe exatamente do que se trata o filme? Aqui está uma explicação.

+ Quer ganhar um teste de até 1 MÊS GRÁTIS DE STREAMING? Clique Aqui e aproveite!

“Wicked” uma adaptação do musical, com inspirações no livro

A principal base para o filme “Wicked” é o musical de sucesso da Broadway, lançado em 2003. O musical, por sua vez, é uma releitura do livro “Wicked: A Vida e os Tempos da Bruxa Má do Oeste” (1995) de Gregory Maguire. Maguire se inspirou na obra clássica de L. Frank Baum “O Mágico de Oz” e no icônico filme homônimo de 1939.

“Wicked” é focado nas bruxas Galinda Upland, a Boa (Grande), e Elphaba Thropp, a “Má” (Erivo). A história aborda seus tempos de universidade até a queda de Elphaba, retratando uma grande amizade entre duas personalidades totalmente opostas. Apesar de se passar antes da chegada de Dorothy a Oz, a narrativa se cruza com os eventos de “O Mágico de Oz”.

Por que em duas partes?

A versão cinematográfica de “Wicked” será lançada em duas partes: “Wicked: Parte Um” em novembro de 2024 e “Wicked: Parte Dois” em novembro de 2025. Essa divisão permite explorar completamente a rica narrativa do musical e dar o devido destaque a cada personagem.

Uma diferença clara entre o filme e o musical é a aparição de Dorothy. Enquanto na Broadway ela aparece apenas em silhueta, no longa ela deve ter uma presença mais marcante. Essas mudanças podem trazer novas surpresas aos fãs que já conhecem a história!

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.

Magui Schneider

Magui Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.

Fã de filmes e séries investigativos, suspense psicológico, comédias, dramas e ação.

Minhas séries favoritas são La Casa de Papel, The Sinner, Sense8, Stranger Things, O Mundo Sombrio de Sabrina, Black Mirror, Lúcifer, Orange Is The New Black, Vis a Vis, Desejo Sombrio, Três Vidas, entre outras.

Já meus filmes favoritos são Jurassik Park, Bird Box, O Limite da Traição, Imperdoável, entre outros.
Amo os filmes de ação com The Rock.

Para relaxar, gosto de uma boa comédia pastelão, incluindo As Branquelas e Os Farofeiros. E como fã incondicional de Paulo Gustavo, sou muito fã de todos os filmes "Minha Mãe é uma Peça".