EXTERMINADOR-DO-FUTURO

Por que ‘O Exterminador do Futuro’ fracassou em se tornar trilogia?

Franquia nunca conseguiu voltar aos tempos de glória

A franquia ‘O Exterminador do Futuro’ é uma das principais marcas do gênero de ação do cinema. Com o impacto dos dois primeiros filmes, de 1984 e 1991, imaginava-se que os filmes poderiam viver anos sob novas perspectivas. Contudo, a realidade surgiu de maneira distinta.

Desde então, ‘O Exterminador do Futuro’ tentou emplacar três novas trilogias. Nenhuma delas foi para frente, com fracassos importantes que mostraram como é difícil reinventar a obra de James Cameron e Arnold Schwarzenegger.

Atualmente, um novo filme da franquia está em desenvolvimento. Será que agora vai?

Por que ‘O Exterminador do Futuro’ fracassou em 3 trilogias diferentes?

Completar os dois primeiros filmes de ‘O Exterminador do Futuro’ parecia uma tarefa simples para James Cameron. Contudo, o cineasta optou por não participar da direção do terceiro longa-metragem. Assim, o projeto destoou dos originais e falhou em capturar a essência da franquia para o cinema.

Em 2007, uma nova tentativa. Com Joseph McGinty Nichol (McG) na direção e Christian Bale no elenco, o filme deixou a ficção científica para trás e caminhou para o lado da ação. A produção também introduziu conceitos e novos personagem com a intenção de seguir com uma nova trilogia.

O problema é que o novo filme de ‘O Exterminador do Futuro’ foi um fracasso de bilheteria. Com um orçamento de 200 milhões de dólares, o longa-metragem precisou de muito esforço para se pagar. Algo que, enfim, aconteceu. O projeto arrecadou 371 milhões de dólares.

Anos mais tarde, em 2015, um novo filme para a franquia ‘O Exterminador do Futuro’ tentou trazer de volta os anos áureos. James Cameron aprovou a produção, algo que gerou expectativa entre os fãs. Ao mesmo tempo, o projeto marcaria o retorno de Arnold Schwarzenegger como o T-800.

Era mais uma promessa de trilogia que deu errado. O filme mexeu com a linha temporal das primeiras produções, acrescentando novos personagens e versões diferentes dos que o público conhecia. O resultado foi um pouco melhor, é verdade. Mais de 440 milhões de dólares em bilheteria. Algo que ainda não foi o suficiente para justificar uma trilogia completa.

A última tentativa trouxe até James Cameron de volta

A última tentativa aconteceu em 2019. Agora, James Cameron topou trabalhar em uma possível volta de ‘O Exterminador do Futuro’. Com direção de Tim Miller, a produção voltaria para a trilogia original com a intenção de ser uma continuação direta.

Mesmo assim, o projeto acumulou os mesmos problemas das outras duas tentativas. Mais uma vez a produção explorou uma linha do tempo alternativa, algo que não cativou o público. O filme tornou-se o maior fracasso da franquia, com apenas US $ 261 milhões em bilheteria.

Agora, a nova aposta para ‘O Exterminador do Futuro’ terá que recomeçar a franquia para conquistar o apelo do público. Depois de três erros consecutivos, será que finalmente o público volta a demonstrar interesse?

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.

Victor Eduardo

Victor Eduardo

Victor Eduardo é jornalista formado pela PUC do Rio Grande do Sul desde agosto de 2021! Ao todo, tem experiência em reportagem, comunicação institucional e assessoria de imprensa. Atualmente, divide o tempo de trabalho com a leitura e com a cozinha, hobby que desenvolveu durante a pandemia por Covid-19. Atua como jornalista sob o registro profissional 20810/RS.