JOHN_WICK-5

Por que John Wick 5 É Uma PÉSSIMA Ideia?

A saga cinematográfica “John Wick” cativou uma ampla audiência desde seu modesto início em 2014. O primeiro filme da série, com orçamento reduzido e uma duração de apenas 100 minutos, nos apresentou um mundo de ação detalhada, contada através de impressionantes sequências de combate. A história se centra em John Wick, interpretado por Keanu Reeves, em uma busca interminável por vingança e fuga de uma vida sombria como assassino. Mas essa incessante jornada chega a um fim com John Wick: Capítulo 4. No entanto, a perspectiva de John Wick 5 parece desafiar essa conclusão. Inclusive, coloca em xeque a integridade do enredo e o respeito ao destino de John.

John Wick: Capítulo 4 – O Fim de uma Lenda

John Wick: Capítulo 4 encerra com a morte de John em um duelo contra Caine. Mas a conclusão do filme é longe de ser trágica – John finalmente encontra paz e existe a sugestão de que ele tem a chance de se reunir com sua amada esposa, Helen, na morte. Apesar desse final definitivo, a produtora Lionsgate continua a desenvolver o John Wick 5.

Joe Drake, presidente do Motion Picture Group, afirmou: “O que é oficial é que, como você sabe, Ballerina é o primeiro spin-off que sai no próximo ano. Estamos em desenvolvimento em outros três, incluindo [John Wick 5]”. Embora a expansão da franquia através de spin-offs centrados em personagens únicos da série seja uma abordagem natural, a ideia de um John Wick 5 é preocupante.

A Impossibilidade de um Retorno

A direção audaciosa de Chad Stahelski culminou na morte do protagonista, mesmo com a potencialidade de novos filmes. A opção de John Wick retornar dos mortos ou revelar que sua morte foi falsificada pode comprometer a sinceridade e o peso emocional do final de John Wick: Capítulo 4.

Houve, de fato, uma alternativa para o final do quarto capítulo. Nele, John sobrevive e observa, de longe, o seu próprio túmulo. No entanto, testes com o público demonstraram uma recepção negativa a essa abordagem, provando que a reversão do final audacioso seria mal recebida pelos fãs.

A Ideia de um Prequel e Suas Implicações

Uma alternativa seria fazer de John Wick 5 um prequel, embora isso traga grandes desafios. Stahelski fez de cada filme da saga um sucesso por aumentar constantemente os riscos e desafios enfrentados por John, tornando a perspectiva de um prequel menos impactante. Além disso, a reconstituição dos feitos lendários de John Wick, que os vilões tanto temem, já foi retratada na tela.

Há também a questão do orçamento. Reeves teria que ser rejuvenescido digitalmente para o prequel, o que é extremamente caro. Considerando o sucesso financeiro de John Wick: Capítulo 4 com seu orçamento de $100 milhões, um prequel com o dobro do custo poderia ser financeiramente inviável.

John Wick 5 sem John Wick?

Existem várias pontas soltas em John Wick: Capítulo 4 em torno dos personagens coadjuvantes. Em suma, essas questões devem ser resolvidas em futuras produções da franquia. No entanto, um John Wick 5 com foco em um personagem principal diferente de John Wick não faria sentido. Inclusive, poderia ser percebido como uma manobra enganosa do estúdio.

A principal motivação para a produção de John Wick 5 é o potencial financeiro da franquia. Desde o primeiro filme, a série tem sido um sucesso financeiro, gerando retornos quatro vezes maiores que o orçamento. Isso transformou John Wick em uma franquia de bilhões de dólares. Desconsiderar uma franquia atualmente no auge de sua popularidade seria impensável do ponto de vista de um estúdio.

A possibilidade de uma versão do diretor de John Wick: Capítulo 4 também está a caminho, o que poderia incluir a cena alternativa com John Wick ainda vivo. Contudo, o fato de o estúdio poder produzir John Wick 5 não significa que deveria.

Conclusão

A saga John Wick proporcionou aos espectadores uma história de ação rica e emocionante, e John Wick: Capítulo 4 concluiu essa jornada de maneira apropriada e satisfatória. Apesar das possíveis abordagens que poderiam ser usadas para continuar a franquia, cada uma delas apresenta problemas significativos que podem prejudicar a integridade da série. Talvez seja melhor deixar John Wick descansar em paz, preservando assim o final impecável de uma série tão amada pelos fãs.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.

Magui Schneider

Magui Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.

Fã de filmes e séries investigativos, suspense psicológico, comédias, dramas e ação.

Minhas séries favoritas são La Casa de Papel, The Sinner, Sense8, Stranger Things, O Mundo Sombrio de Sabrina, Black Mirror, Lúcifer, Orange Is The New Black, Vis a Vis, Desejo Sombrio, Três Vidas, entre outras.

Já meus filmes favoritos são Jurassik Park, Bird Box, O Limite da Traição, Imperdoável, entre outros.
Amo os filmes de ação com The Rock.

Para relaxar, gosto de uma boa comédia pastelão, incluindo As Branquelas e Os Farofeiros. E como fã incondicional de Paulo Gustavo, sou muito fã de todos os filmes "Minha Mãe é uma Peça".