os-simpsons-35

Mudança na 35ª Temporada de Os Simpsons: Inovação ou Continuidade?

Embora a temporada 35 de “Os Simpsons” não esteja reinventando a fórmula do programa, o episódio 12 trouxe de volta duas novas tendências. É difícil para “Os Simpsons” sentir-se genuinamente original e inovador enquanto continua em sua 35ª temporada.

Em suma, o programa está no ar há tanto tempo que alguns de seus imitadores mais famosos, como South Park e Family Guy, agora têm imitadores próprios. Apesar disso, “Os Simpsons” ainda está mudando sua fórmula, ainda que de maneiras relativamente sutis. A temporada 35 apresenta toques inventivos que garantem que o show não seja previsível.

Homer Como Vilão

Embora a história da temporada 36 de “Os Simpsons” possa mudar isso, a temporada 35 fez de Homer o vilão do show surpreendentemente muitas vezes. Cinco dos primeiros 12 episódios da temporada retratam Homer de maneira desfavorável, chamando a atenção para sua ganância, corrupção ou incompetência. Isso faz com que um personagem, de outra forma muito familiar, pareça imprevisível, ao mesmo tempo que garante que o tom do programa nunca fique muito açucarado.

Assim como o episódio 4 da temporada 35, “Thirst Trap: A Corporate Love Story”, “Lisa Gets An F1” foi um episódio de mockumentário que focou na jornada pessoal de Lisa. Este episódio viu Lisa superar sua ansiedade ao se tornar campeã de corridas de kart Fórmula 1 para crianças. Já “Thirst Trap: A Corporate Love Story” centrou-se em um trapaceiro estilo Theranos, que Lisa idolatrava até se casar com o Sr. Burns. “Lisa Gets An F1” ofereceu uma subversão semelhante do status quo usual do programa, graças ao seu formato de mockumentário.

Mudanças no Formato Ajudam Os Simpsons

Adicionar um formato de mockumentário permitiu que “Os Simpsons” mantivesse as coisas frescas após mais de 750 episódios. Porém, essa não foi a única mudança que este episódio fez. Assim como alguns outros episódios recentes de “Os Simpsons”, “Lisa Gets An F1” cortou a sequência de abertura do show para dar mais tempo de tela à história de Lisa.

Isso significava que o episódio não tinha gag de lousa nem gag de sofá, mas também significava que a história começava mais rapidamente e tinha mais tempo para se desenrolar. Embora um pouco surpreendente, essa subversão do status quo normal do programa provou que a temporada 35 de “Os Simpsons” não é totalmente previsível.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.

Magui Schneider

Magui Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.

Fã de filmes e séries investigativos, suspense psicológico, comédias, dramas e ação.

Minhas séries favoritas são La Casa de Papel, The Sinner, Sense8, Stranger Things, O Mundo Sombrio de Sabrina, Black Mirror, Lúcifer, Orange Is The New Black, Vis a Vis, Desejo Sombrio, Três Vidas, entre outras.

Já meus filmes favoritos são Jurassik Park, Bird Box, O Limite da Traição, Imperdoável, entre outros.
Amo os filmes de ação com The Rock.

Para relaxar, gosto de uma boa comédia pastelão, incluindo As Branquelas e Os Farofeiros. E como fã incondicional de Paulo Gustavo, sou muito fã de todos os filmes "Minha Mãe é uma Peça".