missao-impossivel-erro

‘Missão: Impossível 7’: filme evita o grande erro de Aranhaverso 2

O filme Missão: Impossível 7 – Acerto de Contas Parte 1 evitou o pior erro de filmes como Homem-Aranha: Através do Aranhaverso e Velozes & Furiosos 10. Em suma, o sétimo longa-metragem da franquia estreou no dia 13 de julho nos cinemas.

A trama acompanha a jornada de Ethan Hunt (Cruise) embarcando em uma das missões mais difíceis da sua vida. Ele precisa confrontar o enigmático inimigo que atende pela alcunha de ‘The Entity’ (A Entidade). Abaixo, confira o trailer oficial da obra.

O erro que o filme Missão: Impossível 7 consegue evitar

Os filmes Homem-Aranha: Através do Aranhaverso e Velozes & Furiosos 10 deixaram um sentimento de frustração em boa parte do público. A forma como ambos os projetos finalizaram a trama, portanto, criou momentos de angústia e indefinição. Em suma, os finais pareciam mais grandes reviravoltas do que desfechos verdadeiros.

Por outro lado, Missão: Impossível 7 foca em um arco e vai até o final. Apesar de ser considerado Parte 1, o diretor Christopher McQuarrie conseguiu entregar o final que o roteiro abriu no início. Ao mesmo tempo, o filme também deixou um grande gancho para a Parte 2. Algo similar ao que aconteceu com a dobradinha Vingadores: Guerra Infinita (2018) e Vingadores: Ultimato (2019).

Algo que destoa de ‘Aranhaverso 2’, por exemplo. A animação abriu dois grandes arcos durante o tempo de exibição, mas não concluiu nenhum deles. O filme começa com a apresentação do vilão Mancha e com o desejo de Miguel O’Hara em controlar Miles Morales.

Quando final chega, portanto, ‘Aranhaverso 2’ não conseguiu fazer o mesmo que Missão: Impossível 7. A animação não terminou nenhum dos dois arcos, e ambos devem ser o principal ponto para o terceiro filme da franquia.

Por fim, Missão: Impossível 7 ainda está em cartaz nos cinemas.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.

Victor Eduardo

Victor Eduardo

Victor Eduardo é jornalista formado pela PUC do Rio Grande do Sul desde agosto de 2021! Ao todo, tem experiência em reportagem, comunicação institucional e assessoria de imprensa. Atualmente, divide o tempo de trabalho com a leitura e com a cozinha, hobby que desenvolveu durante a pandemia por Covid-19. Atua como jornalista sob o registro profissional 20810/RS.