maggie-twd-dead-city

Por que Maggie queimou o brinquedo de Ginny em Dead City?

O episódio 3 de The Walking Dead: Dead City causou uma reviravolta em relação a Maggie (Lauren Cohen). Ao observar Ginny na posse de um dos membros novos do grupo, a personagem apanha o estegossauro de pelúcia da garota e o queima.

O primeiro episódio de The Walking Dead: Dead City foi ao ar no 18 de junho. Até agora, a série conta com dois episódios. O programa, contudo, não está disponível ao público aqui do Brasil. Ao menos por ora, a AMC ainda não anunciou a exibição da série para os brasileiros.

Em suma, ‘Dead City’ é a primeira a expandir as aventuras dos personagens centrais da franquia. Na trama, Maggie viaja a Nova York para tentar resgatar o filho mais novo, Hershel, das mãos de um inimigo até então desconhecido. A ex-líder de Hilltop une-se ao seu maior algoz da franquia, Negan, por novas jornadas que devem apresentar riscos humanos e hordas de zumbis.

Por que Maggie queimou o brinquedo de Ginny em Dead City?

Desde a estreia de The Walking Dead: Dead City, Ginny revelou-se com uma forte ligação emocional com o dinossauro de brinquedo. Ao queimar o estegossauro, portanto, Maggie deixa claro que não quer o encontro da garota com Negan.

Além disso, a atitude de Maggie levanta dúvidas em relação à perspectiva moral sobre a personagem. Desde o início ela foi uma heroína para The Walking Dead, protegendo o grupo e sacrificando a si própria pelo bem comum. Assim, é incomum imaginá-la fazendo algo contra qualquer criança.

Contudo, a situação de Maggie em Dead City justifica as ações. Ela está desesperada para recuperar Hershel e derrotar o Croata. Para isso, não está disposta a deixar nada atrapalhar os seus planos. Em suma, todas as outras preocupações vêm em segundo lugar para o desejo de Maggie de salvar seu filho.

Por fim, os episódios de ‘Dead City’ vão ao ar aos domingos nos Estados Unidos.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.

Victor Eduardo

Victor Eduardo

Victor Eduardo é jornalista formado pela PUC do Rio Grande do Sul desde agosto de 2021! Ao todo, tem experiência em reportagem, comunicação institucional e assessoria de imprensa. Atualmente, divide o tempo de trabalho com a leitura e com a cozinha, hobby que desenvolveu durante a pandemia por Covid-19. Atua como jornalista sob o registro profissional 20810/RS.