fugindo-do-twin-flames

Fugindo do Twin Flames: Tudo sobre o documentário que Alerta sobre o Poder das Redes Sociais

A minissérie documental de três episódios da Netflix, Fugindo do Twin Flames, mergulha fundo no obscuro universo de Twin Flames Universe. Em suma, trata-se de um serviço de coaching de relacionamento criado por Jeff e Shaleia Ayan. Enquanto prometia ajudar as pessoas a encontrar sua “chama gêmea”, o doc expõe uma realidade perturbadora por trás dessa fachada. Vamos adentrar nesse universo e descobrir os horrores que muitos enfrentaram.

O casal Shaleia e Jeff Ayan é o centro desse turbilhão. Movidos pela espiritualidade da nova era e pela ideia das “chamas gêmeas”, eles fundaram o Twin Flames Universe, oferecendo aulas e orientações em troca de quantias exorbitantes. A promessa de amor verdadeiro se ofusca diante da brutalidade das palavras de Jeff, que muitas vezes culpabiliza os membros por seus próprios problemas.

+ Quer ganhar um teste de até 1 MÊS GRÁTIS DE STREAMING? Clique Aqui e aproveite!

Fugindo do Twin Flames: Luxo e Abuso de Poder

Enquanto seus seguidores lutam para sobreviver, Jeff e Shaleia desfrutam de uma vida de luxo, financiada pelas contribuições dos membros. Vivendo em uma mansão com piscina e jacuzzi, ostentam sua riqueza sem perceber a crueldade dessa exibição. Parece que o casal não apenas buscou enriquecer, mas também encontrou prazer no poder que exercem sobre seus seguidores.

O documentário revela o preço que muitos pagaram ao seguir as orientações do Twin Flames Universe. Membros foram traumatizados, menosprezados e, em alguns casos, levados a tragédias devastadoras. Aqueles que desaprovam são rotulados como “más influências”, levando ao isolamento doloroso dos membros.

Um Alerta sobre o Poder das Redes Sociais

Fugindo do Twin Flames não é apenas um documentário sobre um grupo obscuramente poderoso. Mas também, um alerta sobre como as mídias sociais podem ser manipuladas para controlar e influenciar de maneira prejudicial. O universo Twin Flames serve como um exemplo de como o ser humano está vulnerável na era digital.

A minissérie documental Fugindo do Twin Flames nos leva a uma jornada desconfortável, mas necessária, para compreender os perigos que podem surgir quando a busca pelo verdadeiro amor se transforma em uma máquina de manipulação. Ao assistir a esse documentário, a trama mostra a dura realidade de como a ganância e o abuso de poder podem deixar marcas profundas naqueles que buscam uma conexão genuína.

Por fim, vale ressaltar que a minissérie estreia nesta quarta-feira (08) na Netflix.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.

Magui Schneider

Magui Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.

Fã de filmes e séries investigativos, suspense psicológico, comédias, dramas e ação.

Minhas séries favoritas são La Casa de Papel, The Sinner, Sense8, Stranger Things, O Mundo Sombrio de Sabrina, Black Mirror, Lúcifer, Orange Is The New Black, Vis a Vis, Desejo Sombrio, Três Vidas, entre outras.

Já meus filmes favoritos são Jurassik Park, Bird Box, O Limite da Traição, Imperdoável, entre outros.
Amo os filmes de ação com The Rock.

Para relaxar, gosto de uma boa comédia pastelão, incluindo As Branquelas e Os Farofeiros. E como fã incondicional de Paulo Gustavo, sou muito fã de todos os filmes "Minha Mãe é uma Peça".