cirurgiao_do_mal

Cirurgião do Mal: Onde está Paolo Macchiarini hoje?

Descubra o que aconteceu com o médico Paolo Macchiarini e seus escândalos pessoais em 'Cirurgião do Mal', nova série Netflix.

Ocorreu nesta quarta-feira (29), o lançamento da nova série documental da Netflix, “Cirurgião do Mal“, que narra a chocante história do cirurgião Paolo Macchiarini. Esta imersão em três partes promete revelar não apenas as façanhas médicas controversas, mas também os escândalos pessoais que envolveram esse médico uma vez aclamado. Mas afinal, o que aconteceu com o médico? Onde ele está hoje? Descubra a seguir.

+ Quer ganhar um teste de até 1 MÊS GRÁTIS DE STREAMING? Clique Aqui e aproveite!

A Fraude Médica e o Declínio de um Pioneiro

Paolo Macchiarini, o renomado cirurgião suíço-italiano, ganhou destaque nos anos 90 por criar órgãos plásticos revolucionários. No entanto, seu trabalho aparentemente inovador escondeu uma verdade sinistra: muitos pacientes que ele operou morreram em circunstâncias duvidosas. O que começou como um avanço médico tornou-se uma trama de fraude e falsas promessas.

Com uma carreira que o levou por diferentes países, incluindo Suíça, Alabama, Barcelona e Rússia, Macchiarini realizou cirurgias experimentais controversas. A série explora sua ascensão e queda, desde a aclamação por seu trabalho até as acusações de má conduta médica e pesquisa fraudulenta que levaram à sua demissão do Instituto Karolinska, na Suécia, em 2016.

Além dos feitos médicos duvidosos, Macchiarini também se envolveu em um escândalo romântico. Sua relação com a produtora de TV americana Benita Alexander revelou um lado ainda mais sombrio. Planos de casamento estrelados por personalidades famosas, como Bill e Hillary Clinton, e uma cerimônia planejada pelo Papa Francisco, desmoronaram quando a verdade sobre suas mentiras veio à tona.

A Sentença e Onde Paolo Macchiarini Está Agora

paolo
Imagem: AGÊNCIA DE NOTÍCIAS TT/ALAMY LIVE NEWS

Os colegas de Macchiarini no Instituto Karolinska, na Suécia, expressaram preocupação de que o cirurgião estivesse deturpando o sucesso de seus procedimentos em 2014. A suspeita se intensificou em janeiro de 2016, quando a Vanity Fair publicou o relato de Alexander sobre o romance dos dois. No mesmo mês, um documentário, “The Experiments”, revelou como os pacientes de Macchiarini declinaram após a cirurgia.

Em 2022, Macchiarini foi julgado por causar lesões corporais em três pacientes que receberam transplantes experimentais entre 2011 e 2014. Ele foi condenado por uma acusação e recebeu uma pena suspensa.Em junho, um tribunal de apelações sueco aumentou sua pena para dois anos e meio, observando que os três “poderiam ter vivido por uma quantidade não insignificante de tempo sem as intervenções”.

Macchiarini protestou, dizendo: “Fizemos o transplante de boa fé”, de acordo com a Associated Press. Os cineastas dizem que Macchiarini se recusou a comentar as alegações, e o documentário afirma que ele “negou consistentemente qualquer irregularidade”.

Reconhecendo a brevidade da sentença, Alexandre encontra “alguma satisfação” na punição. “É muito difícil provar que ele matou intencionalmente essas pessoas”, diz ela. “Ele se escondeu atrás do fato de que esses são procedimentos experimentais.”

Como aponta o documentário, Macchiarini ainda tem sua licença médica e pode continuar praticando.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.

Magui Schneider

Magui Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.

Fã de filmes e séries investigativos, suspense psicológico, comédias, dramas e ação.

Minhas séries favoritas são La Casa de Papel, The Sinner, Sense8, Stranger Things, O Mundo Sombrio de Sabrina, Black Mirror, Lúcifer, Orange Is The New Black, Vis a Vis, Desejo Sombrio, Três Vidas, entre outras.

Já meus filmes favoritos são Jurassik Park, Bird Box, O Limite da Traição, Imperdoável, entre outros.
Amo os filmes de ação com The Rock.

Para relaxar, gosto de uma boa comédia pastelão, incluindo As Branquelas e Os Farofeiros. E como fã incondicional de Paulo Gustavo, sou muito fã de todos os filmes "Minha Mãe é uma Peça".