3 toneladas

3 Tonelada$: Conheça a história real que a série da Netflix ignorou

A Netflix disponibilizou em seu catálogo, uma minissérie documental chamada 3 Tonelada$, que conta a história real de um dos maiores assaltos a bancos da história. O fato aconteceu em 2005, em Fortaleza, e causou um grande prejuízo ao banco. Até hoje, a polícia não tem o paradeiro/conhecimento sobre a maioria dos ladrões, e o dinheiro.

A estimativa é que em torno de 25 criminosos participaram do assalto, apesar de apenas 8 tenham sido presos. Porém, o que chama atenção, é que a série da Netflix não conta todos os detalhes do assalto. Diante disso, confira abaixo, a história real que a Netflix ignorou.

VEJA TAMBÉM: Contra o Gelo | Conheça a história real por trás do novo filme da Netflix

3 Tonelada$: história do assalto

Como é visto na série, o assalto aconteceu no dia 06 de agosto de 2005, quando um grupo de assaltantes abriu um túnel no cofre do banco central de Fortaleza. O grupo montou um falso negócio de paisagismo como cobertura, e ficou durante 3 meses, cavando um túnel de 256 pés, com o pretexto de fazer parte do negócio.

Em suma, o túnel passava por baixo do banco, e subia direto pelo piso de sua abóbada principal, local este em que milhões de reais estavam guardados. Ao arrombar o cofre, a equipe roubou 5 caixas cheias de notas, pesando em torno de 3,5 toneladas no total. Ao todo, a quadrilha fugiu com um pouco mais de R$ 160 milhões. Inclusive, o banco só descobriu o assalto, quando iniciou o turno de trabalho na segunda-feira. Ou seja, 2 dias depois.

Qual a história real que a série da Netflix ignorou?

Após o assalto, é possível ver na série 3 Tonelada$, a polícia federal do Brasil em meio a um jogo de gato e rato com os ladrões. Quatro dias depois do assalto, a polícia conseguiu prender dois homens que dirigiam um caminhão de transporte de automóveis, e assim, recuperou R$ 2,1 milhões.

Já em setembro de 2005, mais 4 homens foram presos, e R$ 5,2 milhões recuperados. Um mês depois, um homem que tinha ligações com um ex-segurança que ajudou no assalto, foi preso. Assim, a polícia recuperou R$ 100 mil.

Em suma, muitas pessoas, desde seguranças até motoristas de caminhão, estavam envolvidas no roubo. E o traficante de drogas, Luis Fernando Ribeiro, que era um dos suspeitos, foi considerado o cérebro por trás do ato. Entretanto, no dia 20 de outubro de 2005, o cadáver do suposto mentor do assalto, que tinha 26 anos, foi encontrado, com marcas de 7 tiros. Após o assalto, Ribeiro fugiu de Fortaleza para São Paulo, mas segundo a sua família, ele foi sequestrado. E mesmo após pagar R$ 890 mil pelo seu resgate, Ribeiro jamais voltou com vida pra casa.

O caso repercutiu muito, e inclusive, sobrou para as autoridades. É dito isso, pois um documento de 4 promotores estaduais, publicado pelo O Globo, afirma que havia sinais de que os próprios policiais poderiam ter sequestrado e matado Ribeiro. Ademais, a polícia descobriu outros 6 sequestros que eles acreditam estar relacionados ao roubo. Por fim, o corpo de outro suspeito do assalto, Evandro José das Neves, foi descoberto em uma favela de São Paulo em outubro de 2006.

O que aconteceu com o dinheiro roubado?

Em suma, o roubo do banco central levou cerca de R$ 160 milhões. Entretanto, até hoje, a polícia só conseguiu recuperar R$ 20 milhões de reais.

Enfim, gostou da matéria?

Por fim, siga a gente no Google News. Além disso, convidamos você a nos seguir nas redes sociais TwitterInstagram e Facebook para ficar por dentro de tudo que rola no mundo das séries e filmes.

Magui Schneider

Magui Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.

Fã de filmes e séries investigativos, suspense psicológico, comédias, dramas e ação.

Minhas séries favoritas são La Casa de Papel, The Sinner, Sense8, Stranger Things, O Mundo Sombrio de Sabrina, Black Mirror, Lúcifer, Orange Is The New Black, Vis a Vis, Desejo Sombrio, Três Vidas, entre outras.

Já meus filmes favoritos são Jurassik Park, Bird Box, O Limite da Traição, Imperdoável, entre outros.
Amo os filmes de ação com The Rock.

Para relaxar, gosto de uma boa comédia pastelão, incluindo As Branquelas e Os Farofeiros. E como fã incondicional de Paulo Gustavo, sou muito fã de todos os filmes "Minha Mãe é uma Peça".