zumbis-em-chamas

The Ones Who Live: Zumbis em chamas são uma nova variação?

O primeiro capítulo de The Walking Dead: The Ones Who Live está dando o que falar com a possível introdução de zumbis em chamas.

Afinal, será que o universo de The Walking Dead vai apresentar uma evolução aos mortos-vivos, como os zumbis em chamas?

No episódio 1 de The Walking Dead: The Ones Who Live, não faltam mortos-vivos para Rick Grimes eliminar. Porém, não fica claro se os zumbis em chamas da sequência de abertura são apenas uma variante ou algo mais mundano. O conceito de “coortes variantes” apareceu pela primeira vez no final de The Walking Dead: World Beyond, antes de se espalhar tanto para a série principal quanto para Daryl Dixon.

Em suma, as variantes da 11ª temporada de The Walking Dead (TWD) se manifestaram como zumbis que conseguiam subir escadas ou usar ferramentas. Porém, Daryl Dixon foi além ao introduzir os “Burners” com sangue ácido, além de uma versão que possuía superforça e conseguia correr.

+ Quer ganhar um teste de até 1 MÊS GRÁTIS DE STREAMING? Clique Aqui e aproveite!

Questões em Aberto Sobre os Zumbis Variantes de The Walking Dead

Muitas perguntas sobre zumbis variantes permanecem sem resposta em The Walking Dead. E uma das maiores é o motivo pelo qual uma grande quantidade deles surgiu 10 anos após o surto inicial. Veteranos do apocalipse como Negan e Daryl passaram uma década sem notar variantes. E então vários super-zumbis começaram a aparecer de uma vez no fim de TWD.

Sendo assim, é totalmente plausível que o spin-off de Rick Grimes e Michonne também apresente variantes em algum grau. O mais próximo que o episódio 1 chega é a onda de zumbis em chamas com os quais Rick lida. Porém, se isso é uma nova variante ainda é contestado.

Os Zumbis em Chamas de The Walking Dead (Provavelmente) Não São Uma Nova Variante

Os zumbis incendiados do episódio provavelmente não são uma nova variante. O mais provável é que um incêndio tenha ocorrido em uma instalação de alimentos da CRM e atraído zumbis próximos, que foram então incendiados, mas continuaram avançando.

Os zumbis não parecem estar inherentemente em chamas. E isso, significa que são zumbis regulares que se aproximaram demais de um incêndio, não sendo uma variante baseada em fogo. A CRM se referindo à onda iminente como “ignited” também apoia essa teoria.

A Possibilidade de Zumbis em Chamas Ainda Seria Uma Ótima Variante para TWD

Embora os zumbis em chamas não façam parte deste episódio, eles poderiam adicionar uma camada extra de ameaça à narrativa da série. Como Daryl Dixon introduziu conceitos fantasiosos com os “Burners” e outros tipos de zumbis na série principal, a ideia de zumbis que pegam fogo não é tão absurda.

Eles seriam mais difíceis de matar, já que seus corpos flamejantes impediriam os sobreviventes de usar armas brancas e até mesmo um simples toque poderia ser fatal. Portanto, seja em The Ones Who Live ou em outro projeto futuro, os zumbis em chamas podem representar a próxima evolução natural para os mortos-vivos.

Embora os zumbis em chamas não tenham aparecido como uma nova variante em The Ones Who Live, sua introdução poderia oferecer uma reviravolta emocionante e perigosa para a série. Enquanto aguardamos para ver o que o futuro reserva para Rick Grimes e Michonne, continuaremos a especular sobre as muitas formas que o apocalipse zumbi pode assumir.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.

Magui Schneider

Magui Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.

Fã de filmes e séries investigativos, suspense psicológico, comédias, dramas e ação.

Minhas séries favoritas são La Casa de Papel, The Sinner, Sense8, Stranger Things, O Mundo Sombrio de Sabrina, Black Mirror, Lúcifer, Orange Is The New Black, Vis a Vis, Desejo Sombrio, Três Vidas, entre outras.

Já meus filmes favoritos são Jurassik Park, Bird Box, O Limite da Traição, Imperdoável, entre outros.
Amo os filmes de ação com The Rock.

Para relaxar, gosto de uma boa comédia pastelão, incluindo As Branquelas e Os Farofeiros. E como fã incondicional de Paulo Gustavo, sou muito fã de todos os filmes "Minha Mãe é uma Peça".