viuva-negra

Viúva Negra: Jornada de Redenção da Marvel e o Legado de Natasha Romanoff

Desde sua estreia em “Homem de Ferro 2” em 2010, Natasha Romanoff, também conhecida como Viúva Negra, tem sido uma peça fundamental no MCU. No entanto, muitos críticos e fãs sentiram que a Marvel Studios nunca realmente deu a atenção devida à personagem. Agora, uma nova revelação em um livro do universo de “Homem-Formiga” pode estar apontando para uma tentativa de redimir esse tratamento.

Uma Nova Perspectiva: O Livro de Scott Lang

Aludido em “Pantera Negra: Wakanda Forever”, o livro de Scott Lang, intitulado “Look Out for the Little Guy!”, foi apresentado em “Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania” de 2023. Em suma, o livro narra os eventos de “Vingadores: Guerra Infinita” e “Ultimato”. Além disso, detalha a perspectiva dos próprios Vingadores, incluindo a batalha contra Thanos.

Uma parte interessante do livro revela que Clint Barton (Hawkeye) e Bruce Banner (Hulk) pediram a Lang para escrever o livro. A razão? Eles estavam preocupados que o mundo não tivesse uma compreensão clara dos eventos traumáticos que cercam Thanos e o Blip. Banner articulou a necessidade de uma narrativa para ajudar as pessoas a processar tais eventos. Lang, com seu toque leve e humor, parecia ser a escolha perfeita.

O Verdadeiro Objetivo: Honrar o Sacrifício da Viúva Negra

O encontro entre Barton, Banner e Lang sugere um objetivo mais profundo: garantir que o sacrifício da Viúva Negra fosse conhecido e valorizado. Ambos, Barton e Banner, compartilharam conexões profundas com Romanoff e tiveram as reações mais visíveis à sua morte em “Vingadores: ultimato”. Isso ressalta a importância de sua contribuição, particularmente quando comparada à atenção dada ao sacrifício de Tony Stark (Iron Man).

Por anos, Natasha Romanoff foi mal representada, muitas vezes reduzida a piadas inadequadas ou omitida de projetos importantes, como a docuseries MPower. Seu filme solo também foi criticado por não explorar adequadamente sua história. No entanto, momentos memoráveis em projetos recentes, como “Ms. Marvel” e “Hawkeye”, começaram a fazer justiça à sua personagem.

O legado da Viúva Negra no MCU tem sido uma jornada tumultuada, marcada por momentos de sub-representação e injustiça. No entanto, a recente decisão da Marvel de explorar sua história e sacrifício no livro de Scott Lang sinaliza uma tentativa de redimir esses erros. Com isso, o MCU pode finalmente estar dando a Natasha Romanoff a homenagem que ela merece.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.

Magui Schneider

Magui Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.

Fã de filmes e séries investigativos, suspense psicológico, comédias, dramas e ação.

Minhas séries favoritas são La Casa de Papel, The Sinner, Sense8, Stranger Things, O Mundo Sombrio de Sabrina, Black Mirror, Lúcifer, Orange Is The New Black, Vis a Vis, Desejo Sombrio, Três Vidas, entre outras.

Já meus filmes favoritos são Jurassik Park, Bird Box, O Limite da Traição, Imperdoável, entre outros.
Amo os filmes de ação com The Rock.

Para relaxar, gosto de uma boa comédia pastelão, incluindo As Branquelas e Os Farofeiros. E como fã incondicional de Paulo Gustavo, sou muito fã de todos os filmes "Minha Mãe é uma Peça".