soldier-gen-v

Versão Original de Soldier Boy em Gen V Teria Feito Mais Sentido

Gen V, uma criação de Erik Kripke repleta de referências e ligações com a série-mãe, The Boys, tem proporcionado momentos de fan service e diversão para os fãs. Entre esses momentos, a participação especial de Soldier Boy no episódio 6 de Gen V chamou a atenção. No entanto, o plano original para essa participação teria feito muito mais sentido narrativamente. Descubra como a ideia de incluir Taylor Lautner como amigo imaginário de Cate faria mais sentido do que a presença de Soldier Boy.

Gen V é um verdadeiro banquete de referências e homenagens a The Boys, embora nem todas tenham impacto na narrativa. A participação especial de Soldier Boy é um exemplo disso, servindo principalmente como fan service. No entanto, essas referências sutis tornam Gen V mais envolvente e aumentam a expectativa dos espectadores para a quarta temporada de The Boys.

+ Quer ganhar um teste de até 1 MÊS GRÁTIS DE STREAMING? Clique Aqui e aproveite!

Taylor Lautner: Uma Escolha mais Coerente

Embora a breve cena com Soldier Boy tenha sido uma adição divertida ao episódio 6 de Gen V, ela fez menos sentido narrativamente do que a ideia original de incluir Taylor Lautner. De acordo com a mitologia de The Boys, Soldier Boy alcançou o auge da fama na década de 1970, quando liderou o Payback, e alguns de seus filmes clássicos, como “Ghosts of Hanoi” e “Red Thunder”, estrearam no início dos anos 80.

No entanto, todos esses eventos ocorreram antes do nascimento dos jovens personagens de Gen V. Portanto, seria estranho que Cate tivesse uma queda por ele em vez de algum outro ídolo mais jovem que ela realmente teria crescido assistindo.

Taylor Lautner Teria Sido uma Surpresa Melhor

Jensen Ackles já desempenhou um papel significativo na terceira temporada de The Boys, e ele próprio confirmou que Soldier Boy provavelmente retornará nas futuras temporadas da série. Portanto, embora sua aparição como Soldier Boy em Gen V seja cômica, ela carece do elemento de surpresa.

Por outro lado, a participação de Taylor Lautner teria causado um impacto muito maior, já que sua presença nas telas diminuiu significativamente ao longo dos anos, e ninguém esperaria vê-lo em Gen V. Além disso, sua introdução teria estabelecido que a série Twilight existe no universo de The Boys, o que seria uma curiosidade engraçada.

Embora o episódio de Gen V com Soldier Boy tenha sido divertido, a ideia original de incluir Taylor Lautner como amigo imaginário de Cate teria feito mais sentido, tanto narrativamente quanto em termos de surpresa. Isso nos lembra que as escolhas criativas podem impactar significativamente a forma como percebemos uma história e seus personagens.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.

Magui Schneider

Magui Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.

Fã de filmes e séries investigativos, suspense psicológico, comédias, dramas e ação.

Minhas séries favoritas são La Casa de Papel, The Sinner, Sense8, Stranger Things, O Mundo Sombrio de Sabrina, Black Mirror, Lúcifer, Orange Is The New Black, Vis a Vis, Desejo Sombrio, Três Vidas, entre outras.

Já meus filmes favoritos são Jurassik Park, Bird Box, O Limite da Traição, Imperdoável, entre outros.
Amo os filmes de ação com The Rock.

Para relaxar, gosto de uma boa comédia pastelão, incluindo As Branquelas e Os Farofeiros. E como fã incondicional de Paulo Gustavo, sou muito fã de todos os filmes "Minha Mãe é uma Peça".