uma_questao-de-quimica-final

Uma Questão de Química: Final Explicado da Série Apple TV+

Descubra como a minissérie Uma Questão de Química, da Apple TV+, proporcionou um desfecho para a história de Elizabeth Zott.

A minissérie Uma Questão de Química, da Apple TV+, encerrou sua primeira temporada após 8 episódios, proporcionando um desfecho para a história de Elizabeth Zott e a família que ela encontrou e construiu. Sob a liderança de Brie Larson, a série, baseada no livro de sucesso de Bonnie Garmus, marcou o retorno triunfal de Larson à televisão. Vamos explorar os momentos marcantes do final da temporada e suas revelações.

Por que Elizabeth Abandonou o Supper At Six?

O momento mais surpreendente no final de Uma Questão de Química ocorreu quando Elizabeth anunciou, ao vivo e sem aviso prévio, que estava renunciando ao seu papel de apresentadora no Supper at Six. Após começar seu novo emprego no episódio 4, o programa tornou-se um sucesso estrondoso. Inclusive, isso fez dela famosa, e a fez conquistar uma grande base de fãs, em especial as donas de casa. No entanto, no final, Elizabeth decide deixar tudo para trás.

Essa decisão teve influência de Mad, que lembrou à mãe que uma química faz química. Embora Elizabeth praticasse a química no Supper at Six, seu trabalho como apresentadora a impedia de se dedicar ao seu trabalho no laboratório. Sua renúncia permitiu que ela se concentrasse novamente na ciência e oferecesse a outra pessoa a oportunidade de assumir esse papel importante. Elizabeth sentiu que havia alcançado seus objetivos com o Supper at Six, e era hora de seguir em frente.

O episódio 7, “Book of Calvin,” parecia fornecer respostas sobre a história de Calvin, mas o final provou que todas eram mentiras, revelando a verdade. Enquanto Calvin cresceu em um orfanato, a verdadeira razão não era porque seus pais biológicos não o queriam ou estavam mortos. No final, conhecemos sua mãe, Avery Parker, que ele acreditava estar morta. Avery teve Calvin aos 16 anos, e após a morte de seus pais adotivos, ele foi para o orfanato, onde cresceu.

Avery, no entanto, nunca desistiu de encontrar e se reunir com seu filho. Quando completou 25 anos, ela acessou seu fundo fiduciário, criou a The Remsen Foundation e procurou Calvin com a ajuda de seu advogado, Wilson. O bispo do orfanato mentiu, dizendo que Calvin havia morrido de tuberculose, para conseguir doações de Wilson. Quando Avery descobriu que Calvin estava vivo, ela enviou cartas, mas recebeu uma ordem de cessar e desistir de Harriet.

Infelizmente, eles nunca tiveram a oportunidade de se conhecer, mas graças à investigação de Mad, Avery conheceu sua neta e Elizabeth. Através delas, ela aprendeu sobre seu filho, e finalmente descobrimos a verdade sobre a vida de Calvin. Isso proporcionou um final agridoce à história de Calvin em Uma Questão de Química, fornecendo pelo menos algum fechamento.

+ Quer ganhar um teste de até 1 MÊS GRÁTIS DE STREAMING? Clique Aqui e aproveite!

Ao encontrar Avery, Elizabeth e Mad também descobriram algo sobre Calvin que nunca souberam antes. Embora Avery não tenha conseguido ficar com seu filho quando o deu à luz, seu pedido para chamá-lo Calvin foi honrado. Ela compartilhou que ele foi nomeado em homenagem a John Calvin, um famoso teólogo francês do século XVI que acreditava na predestinação, ou seja, que as pessoas não têm controle sobre os eventos porque tudo já foi decidido por um poder como Deus ou o destino.

Existe certa ironia no significado por trás do nome de Calvin. Afinal, ele era um ateu convicto, embora tenha encontrado interesse na religião e no destino. O significado também se relaciona com seus sentimentos em relação a Elizabeth, pois ele acreditava que estavam destinados a ficar juntos. Assim como Six-Thirty e Mad tinham significados únicos por trás de seus nomes, Calvin também tinha.

Como o Problema da Rodovia de Harriet Representou a Luta pelos Direitos Civis

Ao longo de Uma Questão de Química, Harriet lutava contra a construção de uma rodovia planejada no coração de seu bairro predominantemente negro. O salto temporal indicava que Harriet liderava incansavelmente o movimento contra a rodovia há sete anos. No episódio 6, parecia que ela havia feito algum progresso ao conseguir que Elizabeth participasse de seu protesto. No entanto, quando achou que tinha os votos para impedir a construção da rodovia, a moção foi aprovada de qualquer maneira no final da série.

Infelizmente, seria visto como irrealista para Harriet vencer essa batalha, pois a luta pelos direitos civis continuava nos anos 1960, Inclusive, muitos ainda enfrentam batalhas semelhantes nos dias de hoje. Ao mudar a caracterização de Harriet em Uma Questão de Química em relação ao livro, a minissérie conseguiu abordar o racismo e incluir aspectos do movimento pelos direitos civis ausentes na fonte original. Elizabeth vencendo suas batalhas enquanto Harriet perdia as delas também destacava as diferentes maneiras como eram vistas e tratadas por causa de suas raças.

A Importância do Patrocínio da Tampax de Elizabeth Explicada

Outra mudança de Uma Questão de Química em relação ao livro foi o patrocínio que Elizabeth anunciou durante seu último programa do Supper at Six. Após se recusar a apoiar o patrocínio que Phil havia conseguido, Elizabeth foi informada de que teria que encontrar seu próprio patrocinador ou seria demitida.

Isso permitiu a Elizabeth a liberdade criativa de levar o programa em uma direção feminista progressista, em vez de se conformar com a visão de Phil, e sair do Supper at Six em seus próprios termos. Ao anunciar o patrocínio da Tampax, Elizabeth não apenas surpreendeu os espectadores, mas também educou muitos no processo.

Após o anúncio do patrocínio, Elizabeth explicou a menstruação para quem estava assistindo, algo muito tabu durante o período de Uma Questão de Química. Na realidade, um anúncio para Tampax só foi exibido na televisão em 1972, anos após o final de Uma Questão de Química. Ao fazer isso, Elizabeth garantiu que o cenário da televisão seria para sempre alterado, mesmo depois de sua saída do Supper at Six, consolidando também seu próprio legado.

O Verdadeiro Significado do Título

O título “Lessons in Chemistry” nunca foi pronunciado na minissérie, mas apareceu escrito em um quadro-negro na última cena da temporada. Após Elizabeth deixar o Supper at Six, a história avançou três anos para o futuro, onde Elizabeth estava lecionando “Introdução à Química”, que também aconteceu ser o nome do episódio final de Uma Questão de Química. A explicação mais óbvia para o título é que Uma Questão de Química foi a jornada de Elizabeth para se tornar professora de química, mas o significado foi mostrado ao longo dos 8 episódios.

Todas as experiências de Elizabeth poderiam ser chamadas de “lições de química”, desde o momento em que seu irmão lhe ensinou como ele criava seus fogos espontâneos até o momento em que ela mesma ensinava os outros no final. O título de Uma Questão de Química não se refere apenas à ciência. Mais notavelmente, Elizabeth aprende sobre o tipo romântico de química por meio de seu relacionamento com Calvin.

Ela também via a culinária como química, com o Supper at Six proporcionando a ela a oportunidade de ensinar às pessoas mais do que apenas a preparar pratos. A aparição do título foi um pequeno e divertido “easter egg” no final de Uma Questão de Química, mas o significado foi espalhado ao longo da minissérie.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.

Magui Schneider

Magui Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.

Fã de filmes e séries investigativos, suspense psicológico, comédias, dramas e ação.

Minhas séries favoritas são La Casa de Papel, The Sinner, Sense8, Stranger Things, O Mundo Sombrio de Sabrina, Black Mirror, Lúcifer, Orange Is The New Black, Vis a Vis, Desejo Sombrio, Três Vidas, entre outras.

Já meus filmes favoritos são Jurassik Park, Bird Box, O Limite da Traição, Imperdoável, entre outros.
Amo os filmes de ação com The Rock.

Para relaxar, gosto de uma boa comédia pastelão, incluindo As Branquelas e Os Farofeiros. E como fã incondicional de Paulo Gustavo, sou muito fã de todos os filmes "Minha Mãe é uma Peça".