um-dia-historia-real

Um Dia: História Real Por Trás da Série da Netflix

Afinal, será que a série Um Dia, com um enredo tão incrível e impactante, se baseia em fatos reais? Abaixo, confira a resposta.

A série de drama romântico Um Dia (One Day) da Netflix tem gerado grande interesse desde seu lançamento, especialmente por ser a segunda adaptação do romance de sucesso de David Nicholls, lançado em 2009. Com a recente adaptação para a TV, muitos se perguntam se a história por trás da série é baseada em fatos reais. Vamos explorar essa questão e entender as inspirações por trás dessa emocionante narrativa.

+ Quer ganhar um teste de até 1 MÊS GRÁTIS DE STREAMING? Clique Aqui e aproveite!

A Origem de Um Dia

O romance “One Day” foi lançado em 2009 e rapidamente se tornou um fenômeno literário, com sua história cativante e personagens memoráveis. Após o sucesso do livro, foi produzido um filme em 2011, estrelado por Anne Hathaway e Jim Sturgess, que recebeu críticas mistas. Agora, em 2023, a Netflix trouxe uma nova versão da história para as telas, com uma série de 14 episódios.

Embora “One Day” seja uma obra de ficção, o autor David Nicholls se inspirou em sua própria vida e experiências para criar a história. Nicholls estudou Inglês e Teatro na universidade, assim como a personagem Emma, e trabalhou como ator antes de se dedicar à escrita. Sua inspiração para o livro veio de uma observação feita quase 20 anos antes, enquanto estudava o romance “Tess of the D’Urbervilles” de Thomas Hardy.

Diferenças entre Livro, Filme e Série

A adaptação cinematográfica de “One Day” enfrentou críticas, especialmente em relação ao sotaque de Anne Hathaway. No entanto, a série da Netflix permite uma maior profundidade nos personagens e em suas relações, explorando detalhes que foram omitidos no filme. Além disso, a série aborda temas mais adultos e explora aspectos da história que foram apenas mencionados no livro.

Embora Um Dia seja uma obra de ficção, suas raízes estão firmemente enraizadas na vida e nas experiências de seu autor. A série da Netflix oferece uma nova perspectiva sobre a história, permitindo que os espectadores mergulhem mais profundamente nos personagens e nas emoções que os impulsionam. Portanto, enquanto a série pode não ser baseada em eventos reais, sua autenticidade emocional ressoa com muitos espectadores, tornando-a uma experiência verdadeiramente cativante e comovente.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.

Magui Schneider

Magui Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.

Fã de filmes e séries investigativos, suspense psicológico, comédias, dramas e ação.

Minhas séries favoritas são La Casa de Papel, The Sinner, Sense8, Stranger Things, O Mundo Sombrio de Sabrina, Black Mirror, Lúcifer, Orange Is The New Black, Vis a Vis, Desejo Sombrio, Três Vidas, entre outras.

Já meus filmes favoritos são Jurassik Park, Bird Box, O Limite da Traição, Imperdoável, entre outros.
Amo os filmes de ação com The Rock.

Para relaxar, gosto de uma boa comédia pastelão, incluindo As Branquelas e Os Farofeiros. E como fã incondicional de Paulo Gustavo, sou muito fã de todos os filmes "Minha Mãe é uma Peça".