THE-LAST-OF-US-2

BOMBA: The Last Of Us não deve ter 3ª temporada na HBO Max

“The Last of Us”, da HBO, rapidamente conquistou o mundo pop e a paixão dos fãs. A série é uma adaptação fiel do amado jogo da Naughty Dog, com Bella Ramsey como Ellie e Pedro Pascal como Joel. No entanto, há quem defenda que a série deveria terminar na 2ª temporada, a menos que uma condição seja cumprida.

Por que “The Last of Us” deve terminar na 2ª temporada?

A principal razão para a série terminar na 2ª temporada é o fato de que a história original, que tem sido fielmente adaptada na série, termina aqui. A primeira temporada adaptou a história do primeiro jogo e espera-se que a segunda temporada cubra os eventos do segundo jogo, “The Last of Us: Left Behind”.

A fidelidade ao jogo é um dos pontos fortes da série da HBO. A série manteve-se popular entre os fãs do material original, evitando preencher excessivamente ou fazer alterações drásticas. Há um padrão claro nas séries de TV que tendem a cair em qualidade à medida que se afastam do material que estão adaptando. Para evitar seguir os passos de sucessos como “Game of Thrones”, “The Last of Us” deve permanecer fiel à história original.

O dilema da 3ª temporada

Caso a série planeje continuar além da 2ª temporada, como sugeriu o co-criador Craig Mazin (via Deadline), terá que passar tempo preparando a 3ª temporada. Isso provavelmente significaria um desvio significativo da trama dos jogos da Naughty Dog, o que poderia prejudicar a qualidade geral da série.

A 2ª temporada de “The Last of Us” já tem um problema de enredo, e não precisa correr riscos desnecessários com sua narrativa já amada. No entanto, a presença de Neil Druckmann na sala de roteiristas pode ajudar a mitigar tais dilemas, pois sendo um dos criadores do jogo, ele pode ter uma ideia de para onde as coisas estão indo após a 2ª temporada.

A única condição para a 3ª temporada

Há apenas uma maneira da 3ª temporada de “The Last of Us” acontecer sem prejudicar a qualidade da série: se um outro jogo da franquia for lançado. Isso permitiria que a série continuasse se baseando no material original, evitando uma queda na qualidade de sua narrativa.

A ideia de um terceiro jogo de “The Last of Us” tem sido discutida há algum tempo. No entanto, até agora, não houve anúncio de outra sequência em desenvolvimento. Se isso acontecer, faria sentido para “The Last of Us” ter uma terceira temporada. Caso contrário, continuar a jornada de Joel e Ellie vem com riscos significativos.

Os riscos da 3ª temporada

Mesmo se um terceiro jogo surgir eventualmente, a 3ª temporada de “The Last of Us” enfrenta um enorme dilema. Continuar além da 2ª temporada arrisca ultrapassar o material original, o que deixará a história sem direção. Avançar além do material original também pode causar uma divisão entre os fãs se a história contada na série acabar sendo diferente do potencial terceiro jogo.

Até agora, “The Last of Us” tem um fandom fortemente unido, a maioria dos quais apoia o show e as decisões criativas dos roteiristas. A série corre o risco de quebrar essa unidade se se afastar muito dos jogos. Alternativamente, a série poderia optar por uma terceira temporada, mas esperar que o próximo jogo seja lançado. Embora isso mantenha as continuidades sincronizadas, levaria a uma grande lacuna entre as temporadas 2 e 3.

Os videogames levam vários anos para serem desenvolvidos, enquanto as séries de TV podem ser escritas e filmadas em um par de anos. Se houver uma espera de cinco anos entre as temporadas 2 e 3, isso poderia criar todos os tipos de problemas para “The Last of Us”. Os fãs podem perder o interesse ou os atores podem superar seus papéis – e esses desenvolvimentos seriam tão desastrosos quanto ignorar o material original.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.

Magui Schneider

Magui Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.

Fã de filmes e séries investigativos, suspense psicológico, comédias, dramas e ação.

Minhas séries favoritas são La Casa de Papel, The Sinner, Sense8, Stranger Things, O Mundo Sombrio de Sabrina, Black Mirror, Lúcifer, Orange Is The New Black, Vis a Vis, Desejo Sombrio, Três Vidas, entre outras.

Já meus filmes favoritos são Jurassik Park, Bird Box, O Limite da Traição, Imperdoável, entre outros.
Amo os filmes de ação com The Rock.

Para relaxar, gosto de uma boa comédia pastelão, incluindo As Branquelas e Os Farofeiros. E como fã incondicional de Paulo Gustavo, sou muito fã de todos os filmes "Minha Mãe é uma Peça".