querido-john-final

Querido John Final Explicado: John e Savannah Ficam Juntos?

“Querido John”, um filme de drama romântico lançado em 2010, nos conduz por uma viagem intensa através da história de um soldado e uma estudante universitária que se apaixonam. Porém, eles são constantemente separados devido às reiteradas missões do militar. Com base no romance de Nicholas Sparks e ambientado no contexto trágico do 11 de setembro, o filme mexe profundamente com nossas emoções. O filme constrói lentamente a relação central, enquanto aborda o tema do autismo.

Em meio a todas as circunstâncias, John (Channing Tatum) e Savannah (Amanda Seyfried) parecem ser vítimas de suas próprias vidas. Mas será que isso acaba por despedaçar o relacionamento deles? E John sobrevive após ser baleado em ação? Vamos analisar o que acontece com nossos personagens centrais no final de “Querido John”. Atenção, spoilers à frente.

+ Quer ganhar um teste de até 1 MÊS GRÁTIS DE STREAMING? Clique Aqui e aproveite!

Enredo de “Querido John”

O filme começa com John, que acaba de ser baleado durante o serviço ativo em uma zona de guerra, enquanto vê sua vida passar diante de seus olhos. Ele lembra da sua visita à Casa da Moeda dos Estados Unidos na infância, onde viu moedas sendo cunhadas – uma memória tão marcante que o leva a se ver como uma moeda, moldada e estampada pelo Exército Americano para ser um soldado das Forças Especiais, que agora está danificado após ser baleado duas vezes. Ele também menciona que pensa em “você”.

A narrativa volta vários meses, quando John conhece Savannah na praia, após recuperar a bolsa dela do mar. Eles começam a conversar, sentem uma atração mútua e logo se apaixonam. John faz amizade com Tim, amigo de Savannah, que tem um filho no espectro do autismo. Durante uma carona para casa, Tim menciona que sua esposa frequentemente tira férias para aliviar as pressões de criar o filho.

Antes de John ser enviado para a guerra, eles decidem manter contato, já que John planeja terminar seu serviço em 12 meses e depois se estabelecer. No entanto, no dia antes de Savannah ter que retornar à faculdade, ela sugere que o pai de John pode ter espectro do autismo. E isso, o deixa furioso e resulta em uma briga em que Tim acidentalmente se machuca.

Após se reconciliarem, John e Savannah se mantêm em contato por cartas. Em uma breve visita à casa após o 11 de setembro, John conhece os pais de Savannah e é questionado se planeja se alistar novamente no Exército. Quando sugere que talvez se aliste, Savannah fica triste e eles discutem. Logo após John ser realocado, ele recebe uma carta dela, dizendo que deve deixá-lo e que está noiva de outro homem.

Fim de Querido John: John e Savannah Acabam Juntos?

John continua se alistando repetidamente, mesmo contra o conselho de seu capitão, que aceita uma posição de volta nos Estados Unidos porque não aguenta mais ficar longe. Em uma de suas missões, ao salvar um companheiro de soldado, John é baleado duas vezes. Após se recuperar em um hospital na Alemanha, ele novamente se alista no exército. Porém, é finalmente enviado de volta para os Estados Unidos, onde seu pai logo falece após sofrer um AVC.

Ele procura por Savannah e descobre que a fazenda de terapia com cavalos, que ela sempre sonhou em abrir, fracassou após um ano. Também é revelado que o homem com quem ela se casou era Tim, que posteriormente foi diagnosticado com câncer e tinha pouco tempo de vida. John vende a valiosa coleção de moedas de seu pai e logo é enviado para uma zona de guerra novamente.

Em uma carta que recebe de Savannah, é revelado que ele doou anonimamente o dinheiro que obteve da venda da coleção para o tratamento de Tim, o que deu ao marido de Savannah mais alguns meses de vida. O filme termina com John de volta aos EUA, onde ele encontra Savannah em uma cafeteria. Eles se abraçam sem dizer uma palavra, e a história se encerra.

Para todos os efeitos, parece que os caminhos sinuosos de John e Savannah os levaram um ao outro, e é provável que eles acabem juntos. No entanto, o filme também destaca o tema de como até mesmo as situações mais ideais podem tomar um rumo inesperado. Portanto, mesmo havendo uma grande chance de que John e Savannah finalmente tenham a chance de ficar juntos, as coisas podem não ser tão simples.

Além do Amor: A Conexão Profunda de John e Savannah

Independente de se eles acabam juntos ou não, o filme confirma que John e Savannah compartilham uma relação profunda e duradoura, que foi em grande parte construída com base nas cartas que compartilharam. Savannah diz que sabe uma coisa com certeza: que eles se encontrarão em breve, o que parece indicar que ela sempre considerará John como parte de sua vida, mesmo que eles não estejam mais romanticamente envolvidos.

A história também explora como o tempo eventualmente acaba para todo relacionamento, o que realça o fato de que a conexão profunda que os dois compartilham é talvez mais importante do que o relacionamento que eles possam ou não ter.

Seu enredo e conclusão nos oferecem uma visão de um amor que sobreviveu à distância, ao tempo e até à morte, retratando como a vida, apesar de suas voltas e reviravoltas imprevisíveis, pode levar a encontros significativos e conexões duradouras.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.

Magui Schneider

Magui Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.

Fã de filmes e séries investigativos, suspense psicológico, comédias, dramas e ação.

Minhas séries favoritas são La Casa de Papel, The Sinner, Sense8, Stranger Things, O Mundo Sombrio de Sabrina, Black Mirror, Lúcifer, Orange Is The New Black, Vis a Vis, Desejo Sombrio, Três Vidas, entre outras.

Já meus filmes favoritos são Jurassik Park, Bird Box, O Limite da Traição, Imperdoável, entre outros.
Amo os filmes de ação com The Rock.

Para relaxar, gosto de uma boa comédia pastelão, incluindo As Branquelas e Os Farofeiros. E como fã incondicional de Paulo Gustavo, sou muito fã de todos os filmes "Minha Mãe é uma Peça".