narcos-pedro-pascal

Por que Pedro Pascal saiu da série Narcos, da Netflix?

O drama criminal da Netflix, Narcos, deixou os fãs se perguntando por que o papel de Pedro Pascal acabou após a 3ª temporada. A série foi ao ar de 2015 a 2017, com Pascal interpretando o agente da Drug Enforcement Administration (DEA), Javier Peña. Seu personagem trabalhou por duas temporadas para derrubar o bilionário narcoterrorista e chefão do tráfico Pablo Escobar (Wagner Moura). Javier Peña foi então encarregado de derrubar um cartel diferente na terceira temporada de Narcos, e então Pascal deixou a série.

Uma série rara que ganhou mais aclamação crítica a cada temporada subsequente, Narcos parecia destinado a continuar seu sucesso. Ainda mais, com Peña sendo um dos melhores personagens de Pedro Pascal na época. Porém, Narcos trocou o suspense na tela por drama da vida real. Após três temporadas, o programa – e o tempo de Pascal nele – chegou ao fim, abrindo caminho para o spin-off Narcos: México em 2018. Embora a saída de Pedro Pascal de Narcos tenha sido rumores de ter sido conturbada, o showrunner da série insiste o contrário.

+ Quer ganhar um teste de até 1 MÊS GRÁTIS DE STREAMING? Clique Aqui e aproveite!

A Saída de Pedro Pascal de Narcos Sempre Fez Parte do Plano

Enquanto Narcos: México é uma espécie de sucessor espiritual da quarta temporada da série original de três temporadas, levantou a questão de por que o drama criminal situado na Colômbia mudou de local. Mais do que isso, Narcos trocou o protagonista de longa data, Javier Peña – e o ator Pedro Pascal – por novos protagonistas. O verdadeiro Javier Peña, que investigou Pablo Escobar e o Cartel de Medellín, serviu como consultor na série. O colega de elenco de Pedro Pascal em Narcos, Boyd Holbrook, que interpretou o agente Steve Murphy, saiu antes da terceira temporada.

Pascal, por outro lado, foi mantido para a última temporada de Narcos para fornecer aos fãs um laço emocional existente com a história. Mas o tempo de Pascal em Narcos nunca foi destinado a durar. Segundo o showrunner de Narcos, Eric Newman, Pascal estava bem ciente de sua saída na terceira temporada, o que levou o ator a lutar com a ideia de ter seu personagem morto ou deixar a porta aberta para possíveis participações (via The Hollywood Reporter).

Pedro Pascal se Tornou um Grande Astro Desde que Deixou Narcos

A carreira de Pedro Pascal explodiu desde que ele deixou Narcos. Embora seu papel nesta série da Netflix tenha sido um impulso para sua carreira, o que aconteceu nos anos seguintes tem sido mais do que impressionante. Na tela grande, Pascal apareceu em alguns filmes de grande porte. Ele foi o vilão no filme da DCU Mulher-Maravilha 1984, onde interpretou Maxwell Lord. Ele também assumiu papéis em Kingsman: O Círculo Dourado, O Protetor 2, O Insuportável Peso do Talentão, e em 2024 apareceu em Drive-Away Dolls.

Pascal está se juntando ao MCU como um dos primeiros super-heróis da história da Marvel.

Foi ainda maior na TV. Apenas dois anos após o fim da corrida de Pedro Pascal em Narcos, ele assumiu o papel de Din Djarin em The Mandalorian, que foi um dos programas de Star Wars mais populares no Disney+ e em breve se tornará um filme. Ele então assumiu o papel de Joel Miller na adaptação do videogame The Last of Us na Max, que está indo para sua segunda temporada. Também ficará ainda maior, já que Pascal está se juntando ao MCU como um dos primeiros super-heróis da história da Marvel, Reed Richards, do Quarteto Fantástico.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.

Magui Schneider

Magui Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.

Fã de filmes e séries investigativos, suspense psicológico, comédias, dramas e ação.

Minhas séries favoritas são La Casa de Papel, The Sinner, Sense8, Stranger Things, O Mundo Sombrio de Sabrina, Black Mirror, Lúcifer, Orange Is The New Black, Vis a Vis, Desejo Sombrio, Três Vidas, entre outras.

Já meus filmes favoritos são Jurassik Park, Bird Box, O Limite da Traição, Imperdoável, entre outros.
Amo os filmes de ação com The Rock.

Para relaxar, gosto de uma boa comédia pastelão, incluindo As Branquelas e Os Farofeiros. E como fã incondicional de Paulo Gustavo, sou muito fã de todos os filmes "Minha Mãe é uma Peça".