homem-aranha-problema

Plano cancelado da Marvel salvou o Homem-Aranha da pior estreia do MCU

A jornada de Homem-Aranha no MCU foi marcada por momentos épicos e uma integração bem-sucedida com outros heróis icônicos. No entanto, um detalhe crucial escapou dos planos iniciais da Marvel Studios, e isso acabou por beneficiar a trajetória do amado herói nas telonas.

O Papel de Homem-Aranha no MCU

homem-aranha-problema
Imagem: Sony | Edição: Minha Série Favorita

Desde sua estreia em “Capitão América: Guerra Civil”, Tom Holland brilhou como Peter Parker. Em suma, ele sucedeu Tobey Maguire e Andrew Garfield no papel do Homem-Aranha. Essa transição ocorreu graças a um acordo entre a Sony e a Marvel Studios. E assim, houve a entrada do Homem-Aranha no MCU e sua interação com outros heróis já estabelecidos, incluindo sua integração como membro oficial dos Vingadores.

Intrigantemente, o plano original da Marvel Studios era introduzir o Homem-Aranha no filme “Vingadores: Era de Ultron”. O diretor Joss Whedon expressou seu desejo de incluir o super-herói nesse projeto, mencionando que a Sony havia abordado a Marvel durante o primeiro filme sobre uma possível integração. Contudo, devido à complexidade das negociações, houve o adiamento desse plano. E assim, a introdução do Homem-Aranha aconteceu posteriormente em “Capitão América: Guerra Civil”.

O Desastre dos Novos Vingadores em “Era de Ultron”

Se o Homem-Aranha tivesse sido introduzido em “Vingadores: Era de Ultron”, provavelmente ele teria se juntado à nova equipe de Vingadores estabelecida após a batalha contra Ultron e seu exército de drones. Essa nova equipe, liderada por Capitão América e Viúva Negra, enfrentou desafios e demonstrou certa falta de coordenação em missões críticas.

Ao aguardar a estreia de Homem-Aranha em “Capitão América: Guerra Civil”, a Marvel Studios tomou uma decisão sábia. Isso permitiu que o público conhecesse o personagem em um contexto mais controlado, sem o risco de sua integração em um time recém-formado que enfrentou diversos problemas. Além disso, a espera também evitou sobrecarregar “Era de Ultron” com mais um personagem, permitindo que o filme focasse em seu enredo principal.

Os Riscos de sua Introdução em “Era de Ultron”

era-de-ultron
Imagem: Marvel | Edição: Minha Série Favorita

Introduzir Homem-Aranha em “Vingadores: Era de Ultron” teria consequências significativas. Além de potencialmente prejudicar sua estreia em “Capitão América: Guerra Civil”, o filme já estava repleto de personagens e tramas. Além disso, sua participação na operação em Lagos, que resultou em tragédia global, teria implicado o jovem Peter Parker em eventos sombrios logo no início de sua jornada.

O atraso na introdução de Homem-Aranha no MCU foi, de fato, um golpe de sorte. Isso permitiu a introdução do personagem no momento certo, sem comprometer a integridade da narrativa ou seu desenvolvimento como herói. A decisão da Marvel Studios de aguardar o momento adequado para integrar o Homem-Aranha no universo cinematográfico provou ser crucial para o sucesso e a aceitação do personagem pelo público. Em última análise, o timing perfeito salvou o amado herói de um possível início tumultuado no MCU.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.

Magui Schneider

Magui Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.

Fã de filmes e séries investigativos, suspense psicológico, comédias, dramas e ação.

Minhas séries favoritas são La Casa de Papel, The Sinner, Sense8, Stranger Things, O Mundo Sombrio de Sabrina, Black Mirror, Lúcifer, Orange Is The New Black, Vis a Vis, Desejo Sombrio, Três Vidas, entre outras.

Já meus filmes favoritos são Jurassik Park, Bird Box, O Limite da Traição, Imperdoável, entre outros.
Amo os filmes de ação com The Rock.

Para relaxar, gosto de uma boa comédia pastelão, incluindo As Branquelas e Os Farofeiros. E como fã incondicional de Paulo Gustavo, sou muito fã de todos os filmes "Minha Mãe é uma Peça".