futuro-mcu

O que esperar do MCU após Loki e As Marvels?

A Saga do Multiverso no Universo Cinematográfico da Marvel (MCU) começou há algum tempo, mas os detalhes sobre o que aguarda os fãs ainda permaneciam envoltos em mistério. A promessa de uma conclusão épica com “Vingadores: Guerras Secretas” em 2027 intrigava, mas as histórias apresentadas até agora pareciam não conduzir claramente a esse ponto. No entanto, a segunda temporada de Loki finalmente trouxe os elementos necessários para impulsionar a narrativa do multiverso, refletindo diretamente nos eventos de “As Marvels”.

+ Quer ganhar um teste de até 1 MÊS GRÁTIS DE STREAMING? Clique Aqui e aproveite!

Loki e as Consequências da Morte de Aquele que Permanece

A trama da segunda temporada de Loki gira em torno das consequências da morte de Aquele que Permanece, uma variante de Kang, o Conquistador (interpretado por Jonathan Majors). Com as timelines e universos ameaçando entrar em colapso, Loki percebe que a manutenção da ordem pela Autoridade de Variação Temporal (TVA) é insustentável. Ao destruir o equipamento que controla as linhas temporais, Loki assume o papel de guardião das timelines, abrindo caminho para a iminente guerra multiversal.

Ao aceitar a responsabilidade de cuidar das timelines, Loki inadvertidamente desencadeia a guerra multiversal. Diferentes variantes de Kang estão prestes a surgir, e o MCU precisará de uma coalizão de heróis de diferentes realidades para enfrentar a ameaça. Os eventos de “Vingadores: Dinastia Kang” podem levar ao cataclismo, resultando em um possível soft reboot do MCU.

O Indício em “As Marvels” e a Presença dos X-Men

“As Marvels”, inicialmente focado em pouco sobre o multiverso, revela um potencial significativo nos minutos finais. Uma personagem é mostrada caindo em um universo esperado pelos fãs do MCU, indicando a abertura de portas para a Saga do Multiverso.

Charles Xavier (Patrick Stewart) faz uma aparição em “Doutor Estranho e o Multiverso da Loucura”. Porém, “As Marvels” aprofunda o conceito de universos alternativos onde os X-Men existem, levando a especulações sobre a integração dos mutantes e do Quarteto Fantástico no MCU.

O Possível Soft Reboot: Vingadores e Novos Começos

Se os rumores sobre “Vingadores: Guerras Secretas” como um soft reboot se concretizarem, pode ser o fim do MCU conhecido desde 2008. Uma guerra que culmina na derrota dos heróis e na formação de uma última linha de defesa composta por personagens de diferentes universos. Essa narrativa poderia permitir o retorno de heróis que já morreram, apresentando novos atores e abrindo espaço para uma nova era no MCU.

As palavras de Loki sobre destruir algo na esperança de construir algo melhor ressoam como uma metáfora para o possível reset do MCU. A Saga do Multiverso pode finalmente começar a ganhar a importância que merece, trazendo uma nova visão do universo de heróis da Marvel. Considerando as recentes declarações do CEO da Walt Disney Company, Bob Iger, sobre reestruturação, o novo MCU pode oferecer uma narrativa mais acessível, independente de assistir a toda a saga.

O futuro do MCU está à beira de uma revolução, e os fãs aguardam ansiosamente para ver como a Saga do Multiverso se desdobrará, tudo graças a um Deus da Mentira que decidiu que é hora de destruir para criar algo novo e melhor. O universo cinematográfico da Marvel está prestes a passar por uma transformação épica, e os fãs estão prontos para embarcar nessa jornada emocionante.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.

Magui Schneider

Magui Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.

Fã de filmes e séries investigativos, suspense psicológico, comédias, dramas e ação.

Minhas séries favoritas são La Casa de Papel, The Sinner, Sense8, Stranger Things, O Mundo Sombrio de Sabrina, Black Mirror, Lúcifer, Orange Is The New Black, Vis a Vis, Desejo Sombrio, Três Vidas, entre outras.

Já meus filmes favoritos são Jurassik Park, Bird Box, O Limite da Traição, Imperdoável, entre outros.
Amo os filmes de ação com The Rock.

Para relaxar, gosto de uma boa comédia pastelão, incluindo As Branquelas e Os Farofeiros. E como fã incondicional de Paulo Gustavo, sou muito fã de todos os filmes "Minha Mãe é uma Peça".