sem-saida-taylor

O FRACASSO deste filme deixou Taylor Lautner literalmente “Sem Saída”

Apenas o tempo dirá se Lautner será capaz de superar esse obstáculo e redefinir sua carreira, após o fracasso de Sem Saída.

Taylor Lautner é um nome amplamente conhecido por seu papel como Jacob Black na popular saga “Crepúsculo” e por sua atuação no filme “As Aventuras de Sharkboy e Lavagirl”. Após alcançar o estrelato com essa série de sucesso, Lautner decidiu se aventurar em papéis principais. No entanto, sua primeira incursão como protagonista em Sem Saída, um thriller de mistério lançado em 2011, não foi bem recebida pela crítica, mantendo uma classificação de apenas 5% no Rotten Tomatoes.

A trama de Sem Saída tinha todos os elementos para ser um sucesso. O filme apresentou Lautner como Nathan Harper, um adolescente que descobre que seus pais não são seus verdadeiros pais biológicos. A partir desse ponto, a vida de Nathan se torna uma sequência de eventos perigosos quando ele e sua colega Karen Murphy (Lily Collins) se tornam alvos de forças misteriosas que buscam prejudicá-los. O objetivo principal de Nathan e Karen é desvendar a verdade sobre sua história familiar.

Trama confusa

Embora Sem Saída tenha tentado oferecer uma trama cheia de ação, romance e reviravoltas, o filme acabou sendo confuso em sua execução, deixando o público com mais perguntas do que respostas. O final do filme apresenta uma cena em que Nathan é salvo por seu pai biológico, Martin Price (Dermot Mulroney), que, de alguma forma, manipula a situação para que Nathan e Karen possam viver em paz. No entanto, muitos elementos da trama permanecem inexplicados, deixando lacunas significativas na história.

Desempenho de crítica e bilheterias

O desempenho de Sem Saída nas bilheterias e a recepção crítica extremamente negativa tiveram um impacto significativo na carreira de Taylor Lautner. O filme não teve o sucesso esperado e não gerou sequências, como é comum em filmes de ação. Além disso, a atuação de Lautner foi amplamente criticada, com muitos críticos apontando sua falta de habilidade em carregar um filme como protagonista. Essas críticas foram devastadoras para o jovem ator, que estava buscando consolidar sua carreira fora do universo “Crepúsculo”.

Embora Lautner tenha participado de alguns projetos posteriores a Sem Saída, ele ainda não conseguiu superar a reputação negativa que o filme trouxe consigo. Críticos e especialistas em cinema expressaram a necessidade de Lautner escolher papéis mais desafiadores e trabalhar com diretores experientes para aprimorar suas habilidades de atuação.

No final das contas, Sem Saída se tornou um marco negativo na carreira de Taylor Lautner. Seu desempenho e a recepção morna do filme serviram como um lembrete de que o sucesso em uma franquia de sucesso não garante uma trajetória consistente na indústria cinematográfica. No entanto, apenas o tempo dirá se Lautner será capaz de superar esse obstáculo e redefinir sua carreira.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.

Magui Schneider

Magui Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.

Fã de filmes e séries investigativos, suspense psicológico, comédias, dramas e ação.

Minhas séries favoritas são La Casa de Papel, The Sinner, Sense8, Stranger Things, O Mundo Sombrio de Sabrina, Black Mirror, Lúcifer, Orange Is The New Black, Vis a Vis, Desejo Sombrio, Três Vidas, entre outras.

Já meus filmes favoritos são Jurassik Park, Bird Box, O Limite da Traição, Imperdoável, entre outros.
Amo os filmes de ação com The Rock.

Para relaxar, gosto de uma boa comédia pastelão, incluindo As Branquelas e Os Farofeiros. E como fã incondicional de Paulo Gustavo, sou muito fã de todos os filmes "Minha Mãe é uma Peça".