rosa-peral

O Caso de Rosa Peral: Onde está a assassina hoje?

Nos anais dos casos de assassinato que chocaram a Espanha, a história de Rosa Peral e Pedro Rodríguez se destaca. Em uma mistura de paixão, traição e reviravoltas, a Netflix mergulhou fundo nesse intrigante caso através do documentário “O Caso de Rosa Peral”, dirigido por Manuel Pérez e Carles Vidal Novellas.

Quem é Rosa Peral?

Rosa Peral, nascida em Barcelona, é filha de Francisco Peral e de uma dedicada mãe. Durante a adolescência, iniciou um relacionamento com Ruben, com quem teve duas filhas. O início do romance foi caracterizado por passeios de carro, já que Ruben tinha licença para dirigir e Rosa ainda não. Com o passar dos anos, o relacionamento, que inicialmente parecia promissor, tomou um rumo “tóxico”, conforme descrito por Rosa.

Em meio a esse cenário, ela manteve um caso extraconjugal com um sub-inspetor chamado Oscar. Rosa relata que, ao tentar terminar com Oscar, ele vazou fotos íntimas suas para todos os seus contatos. Mesmo com a abertura de um processo judicial, este foi arquivado, fato que muitos acreditam estar relacionado com sua futura conexão com Pedro Rodríguez.

Relações Intrincadas e Suspeitas

Enquanto ainda estava com Ruben, Rosa conheceu Albert López, colega de profissão na Guàrdia Urbana de Barcelona. Apesar de se sentirem atraídos, nunca oficializaram um relacionamento devido às prioridades de Rosa com suas filhas e a indisposição de Albert em se estabelecer. Porém, Rosa encontrou um novo amor em Pedro Rodríguez, um oficial que se divorciou para estar com ela.

rosa-e-pedro
Rosa e Pedro na vida real. Imagem: Netflix | Edição: Minha Série Favorita

Pedro não era apenas um excelente parceiro, mas também um pai atencioso para as filhas de Rosa. Tudo parecia bem até maio de 2017, quando Pedro foi encontrado morto, carbonizado ao lado de seu carro. Rapidamente, as suspeitas recaíram sobre Rosa, principalmente após o ressurgimento de Albert em sua vida. Rosa afirmou que após uma discussão com Pedro, ele saiu de casa e nunca mais voltou.

Ela descreve que, na noite do crime, Albert forçou-a a dirigir o carro de Pedro até o reservatório de Foix River, onde começou a jogar gasolina. Em sua defesa, Rosa disse que Albert a ameaçou, levando-a a temer pela segurança de suas filhas. No entanto, Albert apresentou uma versão diferente: Rosa estava com o corpo de Pedro no porta-malas, e ele a ajudou a incendiar o carro. A teoria oficial do crime sugere uma conspiração para assassinar Pedro, onde Rosa o teria drogado antes de Albert transportar o corpo.

O Desfecho do Caso

Após sua prisão em 14 de maio de 2017, Rosa enfrentou um julgamento controverso. Mesmo negando veementemente o conspiração para assassinar Pedro, seu depoimento apresentou contradições. Em 2020, Rosa foi condenada a 25 anos de prisão, enquanto Albert López recebeu uma sentença de 20 anos.

Ambos foram ordenados a pagar uma compensação de €885,000 à família de Pedro. Apesar de seus recursos em instâncias superiores, a condenação de Rosa foi mantida. Atualmente, ela cumpre sua pena na prisão de Mas Enric, em Tarragona, com visitas mensais de suas filhas e seu pai, Francisco Peral.

“O Caso de Rosa Peral” não é apenas uma exploração do crime, mas também uma janela para os relacionamentos e as circunstâncias que levaram ao trágico desfecho. A história de Rosa, Pedro e os outros envolvidos é um testemunho dos complexos labirintos humanos que, às vezes, podem levar a consequências fatais. A busca pela verdade, no entanto, continua, pois cada personagem traz sua própria versão dos eventos, deixando muitas perguntas sem respostas definitivas.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.

Magui Schneider

Magui Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.

Fã de filmes e séries investigativos, suspense psicológico, comédias, dramas e ação.

Minhas séries favoritas são La Casa de Papel, The Sinner, Sense8, Stranger Things, O Mundo Sombrio de Sabrina, Black Mirror, Lúcifer, Orange Is The New Black, Vis a Vis, Desejo Sombrio, Três Vidas, entre outras.

Já meus filmes favoritos são Jurassik Park, Bird Box, O Limite da Traição, Imperdoável, entre outros.
Amo os filmes de ação com The Rock.

Para relaxar, gosto de uma boa comédia pastelão, incluindo As Branquelas e Os Farofeiros. E como fã incondicional de Paulo Gustavo, sou muito fã de todos os filmes "Minha Mãe é uma Peça".