compartilhamento-senha-netflix

Apesar de prejudicar clientes, Netflix tem um novo BOOM de assinantes

Índices de assinatura nos Estados Unidos cresceram após decisão

A decisão em cobrar por compartilhar senha pode ser impopular, mas os primeiros resultados da Netflix mostram que a decisão foi eficiente. As novas regras da plataforma surgiram no dia 23 de maio em escala global. Desde então, o streaming oferece um ponto extra usuários que utilizarem os serviços fora do domicílio principal.

Isso gerou grande repercussão na internet, com pessoas ameaçando cancelar a assinatura. Até mesmo o Prime Video fez uma publicação para alfinetar a decisão da Netflix. Acontece que a primeira avaliação, contudo, resultou em um aumento de assinatura para a plataforma nos Estados Unidos.

Em suma, a empresa Antenna divulgou um relatório para afirmar que a Netflix viveu seus melhores dias em relação aos últimos quatro anos. O pico de novos assinantes superou, inclusive, o período inicial da pandemia por Covid-19, em março e abril de 2020. Confira o gráfico abaixo:

Aumento de assinatura da Netflix após cobrar por compartilhar senha
(Reprodução / Antenna)

Por que a Netflix teve aumento de assinatura após cobrar por compartilhar senha?

Outras análises do mercado indicam que a estratégia da Netflix ao cobrar por compartilhar senha deve originar mais frutos ao longo dos próximos meses. Uma análise de instituição financeira JPMorgan revelou que, até 2025, mais de 33 milhões de famílias devem se converter em clientes pagantes para a Netflix.

O sucesso da Netflix reflete na agilidade em que trouxe o recurso para o mundo inteiro. A empresa iniciou testes na América Latina, e optou por manter a decisão de forma definitiva. Além disso, antecipou a cobrança para as diretrizes oficiais da plataforma para todos os mercados. Isso demonstra a confiança do streaming em seguir em frente para aumentar a arrecadação.

Os resultados definitivos sobre o combate ao compartilhamento de senha devem surgir no próximo anúncio da companhia, no dia 18 de julho. A partir de então, a Netflix detalhará ao mercado os números que alcançou a partir do novo método.

Os outros serviços de streaming olham com atenção para os resultados da Netflix. No futuro, mais empresas podem se juntar ao serviço para aumentar os números de assinantes. Por fim, toda a reclamação não se converteu em ação o suficiente para diminuir as assinaturas da Netflix.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.

Victor Eduardo

Victor Eduardo

Victor Eduardo é jornalista formado pela PUC do Rio Grande do Sul desde agosto de 2021! Ao todo, tem experiência em reportagem, comunicação institucional e assessoria de imprensa. Atualmente, divide o tempo de trabalho com a leitura e com a cozinha, hobby que desenvolveu durante a pandemia por Covid-19. Atua como jornalista sob o registro profissional 20810/RS.