JOIAS-DO-INFINITO

Por que Kang não utiliza as Joias do Infinito no MCU?

Vilão da Marvel prefere evitar utilizar as Joias

Para a mitologia do MCU, as Joias do Infinito são o que de mais poderoso já apareceu até agora. Ficou claro quando Thanos, em Guerra Infinita (2018), eliminou metade do universo apenas com um estalar de dedos. Contudo, o próprio vilão destruiu as Joias para evitar que outros seres as utilizassem.

Só que Kang, o Conquistador, tem poderes o suficiente para voltar no tempo e recuperar as Joias do Infinito. Se quisesse, ainda, o novo vilão do MCU poderia apanhá-las no TVA, um grupo de monitores que controla todos os multiversos.

Apesar da facilidade em ter posse das Joias do Infinito, Kang evita as utilizar para cumprir o seu propósito. Mas, por quê? Por qual razão, no MCU, Kang prefere não contar com os poderes das Joias do Infinito? A grande questão, portanto, é que ele já é forte o suficiente mesmo sem as Joias.

Por que Kang não utiliza as Joias do Infinito no MCU?

Para a Saga do Infinito, o MCU determinou que as Joias do Infinito teriam um poder inacreditável quando combinadas com a manopla do infinito e um usuário com grande força. Por isso Thanos conseguiu estalar os dedos e dizimar metade do universo. Ao mesmo tempo, Hulk utilizou a combinação para trazer todos de volta.

Além disso, Tony Stark utilizou o poder das Joias do Infinito para eliminar as tropas de Thanos. Só que o MCU determinou que o poder das Joias do Infinito só funcionariam dentro de um universo. Algo que não serve para Kang, o Conquistador.

O novo antagonista da Marvel quer o domínio do multiverso. A própria tecnologia do vilão, conforme Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania, permite que ele viaje de um lado para o outro entre diferentes realidades. Algo, inclusive, que nem mesmo Thanos poderia fazer.

Fora, claro, a destruição física que as Joias do Infinito causaram em todos os usuários do MCU. Thanos e Hulk tiveram lesões nos braços após o uso. Tony Stark, enfim, não sobreviveu após estalar os dedos. Para Kang, o risco de mutilação e danos irreversíveis não compensa.

Por fim, existem as desculpas narrativas. Para o MCU, portanto, não seria interessante repetir o mesmo arco de outrora. A própria Marvel minimizou o poder das Joias do Infinito durante a série Loki, de 2021. No programa, os artefatos aparecem como peso de papel e pedaços de lixo. Algo insignificante para a grandiosidade do multiverso.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.

Victor Eduardo

Victor Eduardo

Victor Eduardo é jornalista formado pela PUC do Rio Grande do Sul desde agosto de 2021! Ao todo, tem experiência em reportagem, comunicação institucional e assessoria de imprensa. Atualmente, divide o tempo de trabalho com a leitura e com a cozinha, hobby que desenvolveu durante a pandemia por Covid-19. Atua como jornalista sob o registro profissional 20810/RS.