- Publicidade -

Inventando Anna: conheça a história real e o que ocorreu com Anna Delvey

0

A Netflix está com uma nova série fazendo sucesso: Inventando Anna. Em suma, a história é protagonizada por Julia Garner, e adapta nas telas, a história real da golpista Anna Sorokin, conhecida como Anna Delvey. Diante disso, quem já maratonou a série, fica bem curioso em saber: o que aconteceu com Anna na vida real? Onde ela está hoje em dia? Abaixo, confira os detalhes.

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Inventando Anna: conheça a história real

Quando Anna Sorokin, conhecida por aqueles que ela enganou como Anna Delvey, falou com a New York Magazine da prisão de Rikers Island no final de 2017, ela repudiou os seus epítetos públicos. A mídia de Nova York a chamou de aspirante a socialite e gananciosa, já que em sua fraude, enganou muitos ricos e poderosos da cidade.

Sorokin diz que estava tentando construir um negócio. “Eu jantava, mas eram jantares de trabalho”, disse ela à escritora Jessica Pressler. “Eu queria ser levada a sério.” Verdade ou não, a história de Sorokin logo se tornou atraente ao entretenimento; é agora a base de Inventing Anna, a mais recente série de drama criminal da Netflix.

Os momentos de abertura da série dramatizam os primeiros encontros de Rikers Island entre Sorokin e Pressler — cujo personagem se chama Vivian Kent na série e trabalha para Manhattan (a série substituta da New York Magazine). Sorokin aguardava julgamento por roubo de serviço e furto – Como na série, Sorokin rejeitou um acordo logo depois.

A história de Nova York foi ao ar quase um ano antes de Sorokin ir a julgamento. Inclui entrevistas com conhecidos de Nova York de Sorokin, vários dos quais emprestaram seu dinheiro ao mesmo tempo. Por quase um ano inteiro, Delvey os liderou. Ela foi presa em outubro de 2017.

- Publicidade -

Como o artigo se baseia em relatos dados pelos conhecidos de Sorokin, e como as entrevistas com Sorokin ocorreram antes do julgamento, os detalhes sobre sua vida permanecem incertos. Por conta disso, durante a série, uma tela de abertura do título deixa clara a veracidade do drama: “Toda essa história é completamente verdadeira, exceto pelas partes que são totalmente inventadas”. Essa é uma maneira de evitar processos de difamação.

Há, no entanto, muitos eventos reais retratados na série. E mesmo que alguns nomes e características de identificação sejam falsas, a história de Anna Sorokin/Anna Delvey compartilha a veracidade com as contas públicas daqueles que ela conhecia.

Pressler resume o significado da história na seção final:

“Durante o curso da minha reportagem, as pessoas ficavam perguntando: Por que essa garota? Ela não era superhot, eles apontaram, ou super-charmoso; Ela nem era muito legal. Como ela conseguiu convencer uma enorme quantidade de pessoas legais e bem sucedidas que ela era algo que claramente não era? Vendo o guarda rikers enfiar a Fast Company em um envelope de manila, percebi o que Anna tinha em comum com as pessoas que ela estudava nas páginas daquela revista: ela viu algo que outros não tinham. Anna olhou para a alma de Nova York e reconheceu que se você distrair as pessoas com objetos brilhantes, com grandes maços de dinheiro, com a indicia da riqueza, se você mostrar-lhes o dinheiro, eles serão virtualmente incapazes de ver qualquer outra coisa. E a coisa era: foi tão fácil.

Quem é Anna Delvey?

falsa herdeira alemã anna sorokin é levada embora após ser condenada na suprema corte de manhattan em 9 de maio de 2019 após sua condenação no mês passado por múltiplas acusações de roubo e furto de serviços foto por timothy a clary afp crédito da foto deve ler timothy a claryafp via getty images

Para aqueles que a conheceram em Nova York e na Europa entre 2013 e 2017, Anna Sorokin (usando o nome Delvey) era uma herdeira alemã, uma herdeira de fundo fiduciário e empresária. Em suma, ela procurava transformar a histórica Church Missions House, na Park Avenue em uma espécie de Soho House — um clube social e um local de arte e cultura.

- Publicidade -

Posterior a isso, foi descoberto que ela não era herdeira de nada. Ela fez isso só para conseguir atrair pessoas, e enganar as mesmas. Apesar disso, o advogado de Sorokin, Todd Spodek, que em sua declaração inicial, alegou que Sorokin não tinha a intenção de cometer um crime.

De acordo com Spodek, Sorokin estava apenas explorando um sistema para abrir portas para a cena social de Nova York. Isso significava que Sorokin ia “fingir até que ela pudesse fazer isso.” Spodek disse que os hábitos de Sorokin com amigos e pedidos de empréstimos bancários eram apenas para sua maneira de “ganhar tempo” antes que seu negócio pudesse decolar e ela pudesse pagar suas dívidas.

Sorokin era “ambiciosa, ela era persistente e estava determinada a tornar seu negócio realidade”, argumentou Spodek. Para tornar seu negócio realidade, ela teve que se reinventar como o tipo de socialite rica que outras socialites ricas poderiam acreditar — e investir. E assim ela se tornou Anna Delvey, a herdeira alemã.

A identidade falsa foi uma tática

De acordo com Nova York, Sorokin nasceu na Rússia em 1991 e depois mudou-se para a Alemanha aos 16 anos — fato que pode explicar sua falta de proficiência em alemão. Ela não tinha um fundo fiduciário, disse o pai a Nova York. Sorokin largou a faculdade e se mudou para Paris, onde ela estagiou na revista Purple.

Sorokin veio para Nova York e em 2016 ela tentou conseguir um empréstimo de US$ 22 milhões para prosseguir com seu empreendimento privado. Ela enviou aos bancos, vários documentos falsificados para garantir o empréstimo. Os promotores do caso disseram então que Sorokin convenceu um representante do Banco Nacional da Cidade para ajudá-la a sacar US$ 100 mil. O dinheiro seria usado como um pagamento inicial ao Fortress Investment Group, que havia concordado em fornecer o empréstimo de US$ 22 milhões.

Sorokin aparentemente forneceu à Fortaleza, US$ 45 mil enquanto tentavam verificar seus bens. Ela retirou-se da consideração do empréstimo depois, usando os US$ 55 mil restantes em itens pessoais. Sorokin havia dito a Fortaleza que pagaria os US$ 100 mil por transferência bancária, mas nunca houve o envio do dinheiro.

Durante este tempo, Sorokin estava acumulando dívidas em Nova York. Ela estava hospedada em hotéis de luxo por meses a fio, jantando em restaurantes caros de Manhattan, e viajando. De acordo com conhecidos, ela estava usando dinheiro para pagar quase tudo, um hábito que levou quase todos em seu círculo a acreditar que ela era de fato uma herdeira de alguma fortuna familiar.

- Publicidade -

Uma dívida em particular criada no tribunal foi um empréstimo pessoal que Sorokin recebeu da amiga Rachel Williams — na forma de US$ 62 mil em despesas de viagem depois que Sorokin convidou Williams para Marrocos e seu próprio cartão foi recusado. (O relato de Williams sobre o incidente para a Vanity Fair foi apenas um mês antes da matéria da New York Magazine.)

Em uma declaração na Time, o ex-promotor Jeffrey Chabrowe explicou por que era essa dívida pessoal que seria muito condenável:

“Se essa garota estivesse apenas tirando dos bancos, não só seria mais difícil ter uma condenação, como acho que haveria pessoas literalmente torcendo por ela. Bom para ela. Quando você está fazendo isso com seu amigo, e seu amigo acha que eles estão tirando férias de uma vida e, em vez disso, ela perde um ano de salário – eu acho que isso vai machucar [Sorokin] mais.”

Onde está Anna Delvey agora?

anna sorokin, mais conhecida como anna delvey, a alemã de 28 anos, cuja família se mudou para lá em 2007 da rússia, é vista no tribunal durante seu julgamento na suprema corte do estado de nova york, em nova york, em 11 de abril de 2019, a auto-denominada herdeira alemã foi acusada de roubo e roubo de serviços alegando que ela enganou várias pessoas e empresas foto por timothy a clary afp crédito foto deve ler timothy um claryafp via getty images

 

Em suma, Anna sofreu processos e foi presa pelos seus crimes. Depois de aplicar golpes em restaurantes, hotéis, bancos e na elite de Nova York, Anna Sorokin foi presa em 2017. Na ocasião, a jovem estava em uma clínica de reabilitação em Los Angeles.

Ela foi indicada por 10 crimes diferentes, e julgada em 2019. Na ocasião, ela foi condenada em 8 acusações, tais como fraudes, furtos e golpes. Como resultado, Anna ganhou uma sentença de 12 anos de prisão, bem como uma multa e restituição de mais de US$ 200 mil dólares.

- Publicidade -

E assim, desde a sua condenação, Anna já passou por 3 prisões diferentes em Nova York. Já em fevereiro de 2021, ela saiu da prisão por bom comportamento. Entretanto, semanas depois, ela foi presa de novo, pelo Departamento de Imigração dos Estados Unidos, por viver no país com um passaporte inválido.

Em suma, o visto de Anna Sorokin acabou em setembro de 2021. E por isso, a golpista foi presa mais uma vez. Hoje, Anna segue detida pelo ICE (Departamento de Imigração e Costumes), e aguarda a sua deportação para a Alemanha. Nos últimos meses, Anna até tentou apelar da decisão, e pediu asilo no país. Porém, o ICE se recusou a libertá-la. enquanto o caso passa pela análise das cortes superiores. Mas a sua chance de sair em liberdade é baixa.

Curtiu a matéria?

Então, siga a gente no Google News para receber nossas notícias. Além disso, convidamos você a nos seguir nas redes sociais TwitterInstagram e Facebook para ficar por dentro de tudo que rola no mundo das séries e filmes.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Você pode cancelar, se desejar. Aceitar