indiferenca

Indiferença: História Real por trás do novo filme indiano da Netflix

Indiferença traz Uma Jornada de Coragem e Determinação

No filme “Indiferença” (Bhakshak), disponível na Netflix, somos apresentados à jornada corajosa de Vaishali Singh (Bhumi Pednekar). Ela é uma jornalista destemida em uma missão para expor casos de abuso encobertos em um abrigo para meninas. Inspirado em um caso real de abuso ocorrido em um abrigo em Muzaffarpur, Bihar, na Índia, o filme enfrenta corajosamente o tema sensível e impactante do abuso sexual infantil.

+ Quer ganhar um teste de até 1 MÊS GRÁTIS DE STREAMING? Clique Aqui e aproveite!

Indiferença: Desafios Sociais e Reflexões Profundas

“Indiferença” busca provocar reflexões profundas sobre uma gama complexa de questões. Ele expõe a insensibilidade que permite que predadores permaneçam impunes. Além disso, dá voz às vítimas indefesas e questiona um sistema que, ironicamente, favorece os criminosos enquanto impede a ação daqueles que desejam fazer a diferença. Ao abordar essa temática, o filme transcende os limites convencionais do entretenimento, buscando conscientizar e inspirar mudanças sociais significativas.

A trama do filme se inspira em um chocante relatório apresentado em 2018 pelo Instituto Tata de Ciências Sociais (TISS) ao Departamento de Bem-Estar Social de Bihar. Esse documento revelou a terrível realidade de abuso sexual perpetrado contra meninas em um abrigo financiado pelo governo e administrado pela ONG Seva Sankalp Evam Vikas Samiti. As vítimas, com idades entre 7 e 17 anos, foram submetidas a uma sistemática série de abusos ao longo de um período significativo de tempo.

Humanizando as Vítimas

Por meio da atuação impactante de Bhumi Pednekar como Vaishali Singh, uma jornalista determinada a expor a verdade, o filme busca humanizar as vítimas. Além disso, a trama destaca a urgência de enfrentar o abuso sexual infantil de maneira séria e comprometida. Dessa forma, ele se torna uma poderosa ferramenta de conscientização. Ademais, destaca a importância de reforçar a responsabilidade institucional e promover uma mudança cultural que combata a indiferença diante de tais atrocidades.

Após a exposição do caso, a Polícia de Bihar iniciou uma investigação que culminou na prisão de 12 indivíduos. Inclusive, do diretor do abrigo, Brajesh Thakur. O caso gerou apelos por reformas no Sistema de Bem-Estar Infantil na Índia, demandando regulamentações mais rigorosas para instituições similares e medidas robustas para assegurar a segurança das crianças sob os cuidados do Estado.

“Indiferença” não é apenas um filme; é um apelo à ação. Ele nos lembra da importância de nos unirmos na luta contra a exploração infantil e nos inspira a tomar medidas que transcendam as telas e gerem um impacto real na comunidade e no sistema. Assista ao trailer de “Indiferença” na Netflix e faça parte dessa importante conversa.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.

Magui Schneider

Magui Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.

Fã de filmes e séries investigativos, suspense psicológico, comédias, dramas e ação.

Minhas séries favoritas são La Casa de Papel, The Sinner, Sense8, Stranger Things, O Mundo Sombrio de Sabrina, Black Mirror, Lúcifer, Orange Is The New Black, Vis a Vis, Desejo Sombrio, Três Vidas, entre outras.

Já meus filmes favoritos são Jurassik Park, Bird Box, O Limite da Traição, Imperdoável, entre outros.
Amo os filmes de ação com The Rock.

Para relaxar, gosto de uma boa comédia pastelão, incluindo As Branquelas e Os Farofeiros. E como fã incondicional de Paulo Gustavo, sou muito fã de todos os filmes "Minha Mãe é uma Peça".