glamorous-miss

Glamorous: Uma Série Sobre Autoconhecimento e Queeridade

"Glamorous" se destaca por sua narrativa voltada à representatividade LGBTQ+, especificamente ao universo trans e não-binário.

A plataforma de streaming Netflix tem sido uma incubadora de séries e filmes com representatividade e diversidade LGBTQ+. No final do Mês do Orgulho, a empresa lança a série de comédia “Glamorous”, que gira em torno de Marco Mejia, uma pessoa não-conformada com o gênero em busca de seu lugar no mundo.

A trama de “Glamorous” acompanha a jornada de Marco (Miss Benny), que vê sua vida estagnar até conseguir um emprego trabalhando para a lendária magnata da maquiagem, Madolyn Addison (Kim Cattral). Esse trabalho não apenas impulsiona a carreira de Marco na indústria da beleza, mas também serve como um veículo para que descubra quem é e o que sua queerness significa.

Conhecendo Miss Benny

Miss Benny, antes conhecida como Ben J. Pierce, é uma atriz, cantora e ex-youtuber não-binária, que usa todos os pronomes (ele, ela, eles). A artista ganhou destaque em projetos como American Horror Story e Fuller House, além de ter uma carreira musical respeitada. Sua jornada desde a infância no Texas até a consolidação na indústria do entretenimento é marcada pela expressão de sua queeridade e pela luta pelo direito de ser quem é.

A Trama de “Glamorous”

Na trama, Marco é apresentado como um jovem gay e inconformado com o gênero, que usa a maquiagem e o vestuário como formas de expressão. Apesar de se mostrar confiante, ao longo da série, o público descobre suas dúvidas e medos. Marco também vivencia experiências amorosas e desafios no trabalho com Madolyn Addison.

A Aceitação e a Transição

No desfecho da série, Marco está a caminho de uma consulta com um especialista em transgêneros, após uma conversa com a mãe, que sussurra em seu ouvido que ele é “a melhor filha que uma mãe poderia ter”. Com isso, é revelado que Marco é trans e está pronto para dar um passo em direção ao seu verdadeiro eu.

Reflexos da Realidade

A personagem Marco e a atriz Miss Benny compartilham experiências de autoaceitação e descoberta da identidade de gênero. Ambos enfrentam os desafios da vida real de pessoas que não se conformam com o gênero designado ao nascer. Por outro lado, ambos encontram no termo “queer” uma maneira de expressar sua identidade de maneira mais abrangente e fluida.

O Significado de “Glamorous”

“Glamorous” se destaca por sua narrativa voltada à representatividade LGBTQ+, especificamente ao universo trans e não-binário. A série apresenta ao público os desafios, descobertas e conquistas de pessoas que enfrentam o preconceito e a incomprensão, mas que, assim como Marco e Miss Benny, buscam afirmar sua identidade e viver sua vida da maneira mais autêntica possível.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.

Magui Schneider

Magui Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.

Fã de filmes e séries investigativos, suspense psicológico, comédias, dramas e ação.

Minhas séries favoritas são La Casa de Papel, The Sinner, Sense8, Stranger Things, O Mundo Sombrio de Sabrina, Black Mirror, Lúcifer, Orange Is The New Black, Vis a Vis, Desejo Sombrio, Três Vidas, entre outras.

Já meus filmes favoritos são Jurassik Park, Bird Box, O Limite da Traição, Imperdoável, entre outros.
Amo os filmes de ação com The Rock.

Para relaxar, gosto de uma boa comédia pastelão, incluindo As Branquelas e Os Farofeiros. E como fã incondicional de Paulo Gustavo, sou muito fã de todos os filmes "Minha Mãe é uma Peça".