final-sully

Final Explicado do Filme Sully: O Herói do Rio Hudson

"Sully" é um filme cativante que narra a história do "Milagre no Hudson" e a valentia de Chesley "Sully" Sullenberger.

O filme “Sully” retrata a incrível história do capitão Chesley “Sully” Sullenberger, interpretado por Tom Hanks, e seu notável feito de pousar um avião com falhas nos motores no rio Hudson, salvando a vida de todos os 155 passageiros a bordo. O filme, dirigido por Clint Eastwood, emociona e inspira o público ao relatar os eventos do chamado “Milagre no Hudson”.

Além disso, a trama explora as consequências emocionais e as investigações enfrentadas pelo Capitão Sully após o incidente. Com uma narrativa envolvente e performances impressionantes, “Sully” cativa os espectadores ao mostrar a coragem e a determinação de um verdadeiro herói. Abaixo, confira os detalhes da trama.

+ Quer ganhar um teste de até 1 MÊS GRÁTIS DE STREAMING? Clique Aqui e aproveite!

Trama e final explicado de Sully

Abaixo, confira os detalhes de tudo que aconteceu:

Um Pesadelo e Um Milagre

O filme começa com Sully tendo um pesadelo, relembrando o momento em que o avião que pilotava perdeu os motores e colidiu com um prédio. No entanto, rapidamente percebemos que tudo não passou de um sonho angustiante. A narrativa então nos leva de volta à semana anterior, quando Sully realizou o pouso no rio Hudson e se tornou conhecido como o responsável por um verdadeiro milagre.

O Desafio da Investigação

Sully e seu copiloto, Jeff Skiles (Aaron Eckhart), são convocados para prestar depoimento perante um conselho de investigação do incidente. Eles são questionados sobre os detalhes do pouso no rio Hudson e enfrentam a pressão de provar que suas ações foram corretas. O conselho levanta dúvidas sobre a escolha de Sully de pousar no rio em vez de retornar ao Aeroporto de LaGuardia, colocando em questão sua tomada de decisão.

O Impacto na Vida de Sully

Enquanto Sully lida com as investigações, ele também enfrenta consequências pessoais. Sua esposa, Lorraine (Laura Linney), está preocupada com seu bem-estar emocional desde o incidente. A mídia também o procura para entrevistas, retratando-o como um herói, embora Sully não se veja dessa forma. Ele é assombrado por alucinações do avião caindo e lida com o peso emocional de suas ações.

Flashbacks e a Perspectiva dos Passageiros

O filme apresenta flashbacks da juventude de Sully, quando ele estava aprendendo a voar, fornecendo um contexto adicional para sua paixão pela aviação. Além disso, são mostrados momentos da vida dos passageiros a bordo do voo 1549, revelando suas histórias individuais e a tensão que experimentaram durante o incidente. O filme destaca a coragem e a resiliência das pessoas comuns que estavam a bordo da aeronave.

A Audiência Determinante

Sully e Skiles enfrentam uma audiência crucial com o conselho de investigação, onde a validade de sua decisão de pousar no rio Hudson é colocada em xeque. O filme retrata a intensidade do momento, com a equipe de investigação trazendo à tona os resultados dos testes em simuladores. No entanto, Sully argumenta que esses testes não levaram em conta o fator humano e a pressão extrema enfrentada naquele momento crítico.

O Reconhecimento e a Importância da Equipe

No desfecho do filme, é destacado o reconhecimento da coragem de Sully e Skiles, juntamente com a importância da equipe de comissários de bordo que ajudaram a salvar vidas no voo 1549. A história ressalta que, sem a contribuição de todos os envolvidos, o resultado poderia ter sido trágico.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.

Magui Schneider

Magui Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.

Fã de filmes e séries investigativos, suspense psicológico, comédias, dramas e ação.

Minhas séries favoritas são La Casa de Papel, The Sinner, Sense8, Stranger Things, O Mundo Sombrio de Sabrina, Black Mirror, Lúcifer, Orange Is The New Black, Vis a Vis, Desejo Sombrio, Três Vidas, entre outras.

Já meus filmes favoritos são Jurassik Park, Bird Box, O Limite da Traição, Imperdoável, entre outros.
Amo os filmes de ação com The Rock.

Para relaxar, gosto de uma boa comédia pastelão, incluindo As Branquelas e Os Farofeiros. E como fã incondicional de Paulo Gustavo, sou muito fã de todos os filmes "Minha Mãe é uma Peça".