D1ÁR10S

D1ÁR10S (Diários) é baseada em fatos reais?

D1ÁR10S (Diários) é uma série italiana da Netflix que conquistou corações ao redor do mundo. Retratando a vida de estudantes na escola secundária Galileu Galilei, o drama adolescente nos apresenta um mosaico das emoções e desafios enfrentados por jovens de 13 anos. Mas o que muitos se perguntam é: a série tem inspiração em fatos reais? Descubra a seguir.

Ao contrário do que alguns podem pensar, ‘D1ÁR10S’ não é uma história real. A obra é fruto da imaginação de Mariano Di Nardo, Simona Ercolani e Angelo Pastore. Entretanto, Simona Ercolani, uma das roteiristas, revela que, embora a trama não seja um relato verídico, ela reflete inúmeras situações e sentimentos da vida real. A série foi concebida para retratar a individualidade dos personagens adolescentes, que estão em uma fase crucial de autodescoberta.

Trama e narrativa de D1ÁR10S

A série narra a trajetória de Pietro e seus amigos: Livia, Daniele, Isabel Diop, Monica, Arianna, Giulio e Mirko. Todos eles, estudantes do 2-D, enfrentam desafios típicos da adolescência: paixões intensas, primeiros beijos e corações partidos. Contudo, um anúncio de que sua escola fecharia os coloca em uma situação inesperada, unindo-os em uma missão: salvar o ensino médio Galileu Galilei.

Em suma, os escritores inseriram um senso de singularidade nos personagens, evidenciado através de suas respectivas batalhas. Cada personagem tem episódios específicos narrados sob sua perspectiva. Essa técnica proporciona ao espectador uma compreensão profunda da vida escolar, sentimentos, família e inseguranças de cada personagem. Essa forma de contar histórias permite que o público se identifique e se conecte com cada um deles.

Um Olhar Moderno sobre a Adolescência

Pietro Sparvoli, que interpreta Mirko, vê ‘D1ÁR10S’ como uma abordagem contemporânea das séries adolescentes. Ele espera que a produção auxilie os adultos a compreenderem os dilemas dos jovens, em especial na Itália.

Biagio Venditti, no papel de Daniele, aspira inspirar jovens em suas jornadas de aceitação da sexualidade. Ele destaca a pressão e ansiedade que muitos jovens sentem ao se assumirem. Por fim, outros membros do elenco também expressam o desejo de motivar e apoiar o público através de suas histórias.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.

Magui Schneider

Magui Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.

Fã de filmes e séries investigativos, suspense psicológico, comédias, dramas e ação.

Minhas séries favoritas são La Casa de Papel, The Sinner, Sense8, Stranger Things, O Mundo Sombrio de Sabrina, Black Mirror, Lúcifer, Orange Is The New Black, Vis a Vis, Desejo Sombrio, Três Vidas, entre outras.

Já meus filmes favoritos são Jurassik Park, Bird Box, O Limite da Traição, Imperdoável, entre outros.
Amo os filmes de ação com The Rock.

Para relaxar, gosto de uma boa comédia pastelão, incluindo As Branquelas e Os Farofeiros. E como fã incondicional de Paulo Gustavo, sou muito fã de todos os filmes "Minha Mãe é uma Peça".