coringa mata arlequina

BOMBA: Coringa Mata Arlequina

Há muito se acreditava que, um dia, o inevitável iria acontecer. Ou seja, Coringa mataria Arlequina. Entretanto a maneira como ele fez isso quando era o Imperador Coringa é o oposto do que os leitores esperariam. A relação entre o Príncipe Palhaço e a Princesa do Crime tem sido turbulenta, para dizer o mínimo. O Coringa tem abusado de Arlequina física e mentalmente para seu próprio ganho pessoal.

Isso levou à mudança icônica da personagem de Arlequina quando ela rompe com o Coringa e forma um novo nome para si mesma, tornando-se um nome familiar com a DC Comics. No entanto, há um ponto em sua história nos quadrinhos em que Coringa mata Arlequina antes de ela o deixar para sempre… E o raciocínio por trás de como ele faz isso vai chocar os leitores de quadrinhos.

VEJA TAMBÉM: Revelada a relação entre o trailer de Avatar 2 e Doutor Estranho 2

Como Coringa Mata Arlequina?

Tudo acontece no enredo do Coringa imperador de Jeph Loeb. Depois de adquirir os poderes do Sr. Mxyzptlk, Coringa basicamente adquiriu um complexo de Deus, pois ele pode fazer qualquer coisa. Uma de suas maiores intenções é acabar com toda a realidade, o que colocará um fim à sua regra caótica.

De certa forma, Coringa está vendo seu poder ilimitado como o problema com o universo, e ele o vê extinguindo toda a vida como uma maneira de deixar “para trás um universo limpo e silencioso“. Ele não quer que mais pessoas como ele tenham tal poder. Então, ele prefere tirar tudo do que arriscar que alguém acabe com a ordem, com o caos desequilibrado.

Quando Arlequina se aproxima dele sobre seu plano, porém, um lado inesperado do Coringa toma forma. Ela pergunta se ela realmente tem que morrer também, depois de ficar ao seu lado por tanto tempo. Quando Coringa a traz para um último beijo, ela desaparece da existência, e ele a transforma em uma constelação no céu, dizendo-lhe que esta é sua recompensa após “lágrimas de serviço“.

É surpreendentemente rápido e indolor para alguém que tem tratado Arlequina tão mal desde sua estreia em Batman: A Série Animada. Na verdade, parece que ela está realmente honrando-a em vez de deixar sua memória desaparecer. Este é um completo 180 do que os fãs costumam esperar do Coringa por causa do quão doce e memorável ele é.

Coringa ainda amava Arlequina?

A maneira como Coringa mata Arlequina mostra que ele tem algum tipo de respeito por ela, mesmo que se destoe de outras interações entre os personagens. É diferente do homem que a jogou em um tanque de ácido para fazê-la gostar dele; que a espancou impiedosamente; e que a deixou para trás para levar a culpa por seus crimes.

Vê-lo ter um toque de respeito por ela depois de anos de seu abuso parece estranho. Seria mais característico do personagem ter apenas matado a Arlequina. Entretanto, ao invés disso, ele a torna uma constelação no céu. Depois disso, ele segue em frente com seu plano de destruição da realidade.

Claro, isso não quer dizer que Coringa tenha desistido totalmente de seu olhar para baixo sobre Arlequina nesta visão sobre o personagem. Afinal, ele acaba fazendo de Lois Lane sua Imperatriz, ignorando completamente Arlequina, mesmo depois de tudo que ela fez por ele.

Ainda assim, é uma virada chocante do que poderia ter sido, quando se trata de como Coringa iria matá-la enquanto ele planeja destruir a realidade. O Coringa poderia facilmente ter feito a morte de Arlequina a última risada para si mesmo antes de trazer o resto da realidade com ele. Mas ao invés disso, ele faz o oposto fazendo dela uma estrela literal, e é uma escolha que certamente deixará os fãs perplexos.

Enfim, curtiu a matéria?

Por fim, se você gostou do nosso conteúdo, te convidamos a nos seguir no Google News para receber em primeira mão nossas matérias. Além disso, você também pode nos seguir nas redes sociais Twitter, Instagram e Facebook para ficar por dentro de tudo que rola no mundo das séries e filmes.

Magui Schneider

Magui Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.

Fã de filmes e séries investigativos, suspense psicológico, comédias, dramas e ação.

Minhas séries favoritas são La Casa de Papel, The Sinner, Sense8, Stranger Things, O Mundo Sombrio de Sabrina, Black Mirror, Lúcifer, Orange Is The New Black, Vis a Vis, Desejo Sombrio, Três Vidas, entre outras.

Já meus filmes favoritos são Jurassik Park, Bird Box, O Limite da Traição, Imperdoável, entre outros.
Amo os filmes de ação com The Rock.

Para relaxar, gosto de uma boa comédia pastelão, incluindo As Branquelas e Os Farofeiros. E como fã incondicional de Paulo Gustavo, sou muito fã de todos os filmes "Minha Mãe é uma Peça".