- Publicidade -

Ataque dos Cães: Masculinidade tóxica e homossexualidade em discussão

0

Ataque dos cães é o filme que está entre os indicados ao Oscar de 2022, com nada menos que 12 indicações. Dessa forma, a trama se configura como o título com mais indicações no evento, e tem tudo para ser um dos grandes campeões da noite. O filme, com Benedict Cumberbatch e Kirsten Dunst no elenco, possui uma grande reviravolta em sua história, que promete deixar todo mundo surpreso. Abaixo, confira todos os detalhes sobre esse grande sucesso da Netflix

- Publicidade -

VEJA TAMBÉM

Ataque dos Cães: enredo

Este filme cotado para o Oscar 2022 e que está no catálogo Netflix, tem no comando da equipe Jane Campion. Após 12 anos, Campion retomou sua carreira com muitas críticas positivas sobre seu trabalho. Ela desenvolveu cada um dos personagens do time com muitos detalhes. Porém é no final do filme, que as reviravoltas acontecerão e os espectadores ficarão extasiados com os acontecimentos. 

Este filme teve como inspiração “The Power of the Dog”, um livro escrito por Thomas Savage de 67. Neste filme é possível notar a diferença entre os personagens principais, pois Phil (Benedict Cumberbatch) é um jovem rico e muito cruel, tem ideias brilhantes, mas apenas sabe fazer o mal a todos que estão ao seu redor. 

Já George (Jesse Plemons), é irmão de Phil e não concorda com as atitudes do irmão. Sendo assim, ele toma decisões completamente diferentes, de modo a mostrar sua gentileza e bondade com as pessoas. Ambos são proprietários de uma grande fazenda em Montana.

Entretanto, a relação entre os irmãos é muito abalada com a chegada de um amor na vida de George. Rose (Kirsten Dunst), se casa em segredo com o seu amor, e Phil não fica nada feliz com isso. Inclusive, ele demonstra sua inveja e vingança, por meio de várias tentativas de separá-los. 

- Publicidade -

O filme é regado de problemas e muitas críticas ao machismo, principalmente nos relatos do tratamento de Phil para com Rose. Além disso, assuntos como o alcoolismo e a agressão verbal e física contra mulheres é bem relatada. E para piorar, Rose tem um filho, Peter Gordon (Kodi Smit-McPhee), o qual Phill humilha com brincadeiras machistas. 

A partir daí, Rose se sente ameaçada morando na mesma casa que Phil, e cria uma dependência forte com o álcool. Enquanto isso, Peter tenta sobreviver em meios as brincadeiras machistas e preconceituosas de Phil e seus ajudantes. Com o tempo, Phil começa a se aproximar de Peter, e uma relação estranha passa a tomar conta da história.

O que acontece no final da história?

Em certo dia, após ter bebido todas, Rose troca todas as peles de vaca de Phil com índios locais. O fato deixa ele furioso, já que ele não tem mais material suficiente para fazer uma corda para Peter. De forma a minimizar isso, o menino oferta couro cru para que ele possa terminar a corda. E é isso que acontece: sem saber, Phil lava o couro cru de Peter com a sua ferida aberta do dia em que foi caçar um coelho. Entretanto, mal sabe ele que o couro veio de um animal doente.

No dia seguinte, Phil aparece suado e febril em sua cama, com o seu ferimento infeccionado. Ao ver o estado do irmão, George o leva para o hospital, porém Phil não resiste e morre. O legista afirma que Phil morreu de envenenamento por antraz, o que deixa George muito confuso, já que o irmão sempre foi muito cuidadoso.

Enquanto isso, vemos Peter lendo um versículo da Bíblia em casa: “Livra-me da espada, livra a minha vida do poder do cão”. Diante disso, fica claro que Peter foi o responsável pela morte de Phil. Ao ver a sua mãe sofrer, sem conseguir parar de beber, Peter resolveu acabar com o problema de sua mãe.

Phil também era gay

- Publicidade -

Assim como Peter, Phil era gay. O rapaz descobriu isso, quando achou um estoque dele com fotos de homens pelados. E assim, ele usou isso ao seu favor, para se aproximar do “tio”, para poder se vingar. Dessa forma, isso se encaixa nas temáticas que Jane queria discutir no filme, tais como a masculinidade tóxica nas relações de poder, bem como o desejo apresentando um subtexto homoerótico.

Quando Rose vendeu todas as peles de Phil, Peter encontra a oportunidade perfeita para se livrar daquele homem sinistro. E não sei se você percebeu, mas essa não parece ter sido a única vez que o rapaz agiu em defesa da mãe. É dito isso, pois no começo do filme, ele cita: “Quando meu pai faleceu, eu só queria a felicidade da minha mãe. Que tipo de homem eu seria se não ajudasse minha mãe?”. Ou seja, provavelmente, Peter também pode ter matado o pai…

Enfim, você curtiu Ataque dos Cães?

Então, siga a gente no Google News para receber nossas notícias. Além disso, convidamos você a nos seguir nas redes sociais TwitterInstagram e Facebook para ficar por dentro de tudo que rola no mundo das séries e filmes.

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Você pode cancelar, se desejar. Aceitar