a-pele_que-habito

A Pele Que Habito tem na Netflix? Onde assistir o filme online?

Será que este perturbador thriller psicológico está disponível na plataforma mais popular do momento, a Netflix?

“A Pele que Habito” é uma obra cinematográfica de 2011 do aclamado diretor espanhol Pedro Almodóvar, que perturba, intriga e impressiona os espectadores com uma história complexa e sombria. Protagonizado por Antonio Banderas no papel de Robert Ledgard, um cirurgião plástico obcecado por criar uma pele sintética que teria salvo sua esposa de um trágico acidente, o filme navega por águas profundas e obscuras da psicologia humana.

Acompanhado da bela Elena Anaya como Vera, a cobaia de Ledgard, “A Pele que Habito” promove um jogo emocional que deixa os espectadores na ponta de seus assentos. Mas com tamanha reputação e intrigante trama, surge a pergunta: onde podemos encontrar “A Pele que Habito” para assistir? Será que este perturbador thriller psicológico está disponível na plataforma mais popular, a Netflix?

Infelizmente, “A Pele que Habito” não está disponível na Netflix. Apesar disso, o filme pode ser encontrado na Amazon Prime Video e na HBO Max.

Sobre A Pele Que Habito

“A Pele que Habito” é uma história sombria e complexa do aclamado diretor espanhol Pedro Almodóvar. O enredo segue a vida de Robert Ledgard (Antonio Banderas), um brilhante cirurgião plástico obcecado em desenvolver uma pele sintética que poderia ter salvo sua esposa de um terrível acidente de carro.

O personagem central aprisiona uma jovem, Vera (Elena Anaya), em sua mansão para ser sua cobaia nesta experiência assustadora. À medida que a trama se desenrola, uma série de reviravoltas chocantes revela uma conexão traumática entre Ledgard e Vera, culminando em um clímax perturbador e surpreendente.

Uma curiosidade interessante sobre o filme é que Almodóvar se inspirou no romance “Tarântula”, do escritor francês Thierry Jonquet, para criar sua trama. No entanto, o diretor tomou várias liberdades criativas para adaptar a história, tornando “A Pele que Habito” um enredo único e distinto que reflete o estilo dramático e extravagante de Almodóvar. O resultado é uma mistura de horror, drama e suspense, com toques de humor negro, que ressoam fortemente com o público.

Em termos de recepção crítica e bilheteria, “A Pele que Habito” foi aclamado pela crítica e teve um bom desempenho comercial. O filme foi saudado como uma obra-prima perturbadora e envolvente, com críticos elogiando a direção habilidosa de Almodóvar e a atuação de Banderas.

O longa também arrecadou cerca de 32 milhões de dólares em todo o mundo, um resultado bastante significativo para um filme independente em língua estrangeira. Além disso, “A Pele que Habito” recebeu nomeações em vários prêmios internacionais, consolidando seu status como um marco no cinema contemporâneo.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.

Magui Schneider

Magui Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.

Fã de filmes e séries investigativos, suspense psicológico, comédias, dramas e ação.

Minhas séries favoritas são La Casa de Papel, The Sinner, Sense8, Stranger Things, O Mundo Sombrio de Sabrina, Black Mirror, Lúcifer, Orange Is The New Black, Vis a Vis, Desejo Sombrio, Três Vidas, entre outras.

Já meus filmes favoritos são Jurassik Park, Bird Box, O Limite da Traição, Imperdoável, entre outros.
Amo os filmes de ação com The Rock.

Para relaxar, gosto de uma boa comédia pastelão, incluindo As Branquelas e Os Farofeiros. E como fã incondicional de Paulo Gustavo, sou muito fã de todos os filmes "Minha Mãe é uma Peça".