Warrior

4ª temporada de Warrior pode acontecer na Netflix?

A chegada das três primeiras temporadas de “Warrior” à Netflix em diversos países, incluindo os Estados Unidos, trouxe uma nova luz de esperança para os fãs da série, apesar do recente cancelamento. Ambientada no século XIX e estrelando Andrew Koji, Olivia Cheng, Jason Tobin e Dianne Doan, “Warrior” mergulha nos conflitos das Guerras Tong em São Francisco. Com Ah Sahm, um imigrante chinês que se torna um executor para uma notória família criminosa, como protagonista.

A série teve uma trajetória incomum, começando no extinto canal Cinemax, passando pelo HBO Max (agora chamado apenas de Max) antes de ser cancelada em dezembro de 2023, após 30 episódios e três temporadas. Sua chegada à Netflix faz parte da recente onda de programas da HBO nos EUA e internacionalmente, juntando-se a títulos como “Ballers”, “Six Feet Under” e “Band of Brothers”. Notavelmente, “Warrior” carrega a marca HBO Original em sua arte, mas apresenta uma vinheta do HBO Max ao ser carregada, o que pode gerar confusão.

+ Quer ganhar um teste de até 1 MÊS GRÁTIS DE STREAMING? Clique Aqui e aproveite!

Possível Renovação de Warrior na Netflix

Apesar da Netflix não ter o costume de licenciar séries com o intuito de revivê-las, “Warrior” parece ser uma exceção. Segundo o site Deadline, que noticiou o cancelamento da série, há uma possibilidade de retorno, baseada em informações de fontes anônimas.

De acordo com essas fontes, “Se tiver sucesso, a Netflix poderia, presumivelmente, encomendar uma nova temporada do drama baseado em um conceito original e tratamento de Bruce Lee”, revela o Deadline.

Ainda é incerto quem são essas fontes – seriam da Netflix, da equipe da série ou da HBO? A dependência dessa informação torna a possibilidade de um renascimento da série mais ou menos provável. Mas, considerando essa informação pelo seu valor nominal, o que “Warrior” precisaria para conseguir uma nova temporada?

Afinal, qual é o Futuro de “Warrior”?

Diante desse cenário, a quarta temporada de “Warrior” depende do desempenho da série na Netflix. Se conseguir capturar a atenção de uma audiência significativa, poderá superar o desafio de ser revivida após o cancelamento.

Os fãs de “Warrior” devem esperar e apoiar a série na plataforma. Esperando, portanto, que a saga de Ah Sahm e das Guerras Tong em São Francisco continue.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe-nos no Google News e não perca nenhuma notícia.

Magui Schneider

Magui Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.

Fã de filmes e séries investigativos, suspense psicológico, comédias, dramas e ação.

Minhas séries favoritas são La Casa de Papel, The Sinner, Sense8, Stranger Things, O Mundo Sombrio de Sabrina, Black Mirror, Lúcifer, Orange Is The New Black, Vis a Vis, Desejo Sombrio, Três Vidas, entre outras.

Já meus filmes favoritos são Jurassik Park, Bird Box, O Limite da Traição, Imperdoável, entre outros.
Amo os filmes de ação com The Rock.

Para relaxar, gosto de uma boa comédia pastelão, incluindo As Branquelas e Os Farofeiros. E como fã incondicional de Paulo Gustavo, sou muito fã de todos os filmes "Minha Mãe é uma Peça".