Minha Mãe É Uma Peça 3 tem bilheteria histórica!

A franquia Minha Mãe É Uma Peça teve seu início nos cinemas no ano de 2013. O filme era uma releitura do roteiro da peça de Paulo Gustavo, que também protagoniza o longa. De cara o público brasileiro ficou apaixonado pela personagem Dona Hermínia. Isso porque, claro, todo mundo consegue identificar um pouco de suas próprias mães na personagem. Em 2016 o longa ganhou uma continuação na qual Hermínia ganha seu programa de TV. Mas nenhum destes dois primeiros filmes superou o sucesso que está sendo Minha Mãe É Uma Peça 3. O filme é de tamanho sucesso que acaba de alcançar uma marca histórica em bilheteria de filmes nacionais!

Minha Mãe É Uma Peça 3 tem Bilheteria Histórica no Brasil

Minha Mãe É Uma Peça 3

O longa que teve sua estreia em no dia 26 de dezembro de 2019 ainda está em cartaz. Ele vem sendo o primeiro lugar nas bilheterias brasileiras desde sua estreia até o final de semana passado, quando perdeu para Jumanji – A Próxima Fase. Para se ter uma noção, tivemos o último filme da nova trilogia de Star Wars sendo lançado. Mas, mesmo assim, Minha Mãe É Uma Peça 3 conseguiu superar o longa da Lucasfilm nas terras tupiniquins. A marca histórica alcançada pelo filme é simplesmente ter se tornado a maior bilheteria de filme nacional de todos os tempos. Sendo assim, o longa acaba de tornar-se o maior filme nacional da história.

Minha Mãe É Uma Peça 3

Antes do terceiro filme de Paulo Gustavo bater este recorde, o dono do título era o longa Nada A Perder, biografia de Edir Macedo. Falando em valores, o filme biográfico do bispo arrecadou cerca de 120 milhões de reais. Enquanto isso, o terceiro filme de Dona Hermínia  arrecadou, até agora, 137,9 milhões de reais.

Mas e você? Já assistiu o filme Minha Mãe É Uma Peça 3? Curte a franquia? Deu boas risadas? Queremos sua opinião, então comente! 😀
Comentários
Carregando...