Improvisos No Cinema! Confira aqui

Vocês devem saber que o cinema está cheio de improvisos. Mas o público nunca sabe, a menos que leia ou assista um making of, quais cenas estavam no roteiro e quais foram improvisadas. Por sorte, quando uma cena muito boa é improvisada, os envolvidos acabam comentando. Então eu reuni alguns dos improvisos mais marcantes de filmes que marcaram história e trouxe aqui. Preparado para se surpreender com o talento de atuação de alguns atores? Então veja a seguir!

Grandes Improvisos Do Cinema

O Iluminado - Sexta-Feira 13 - Improvisos

  • Taxi Driver [1976]

O primeiro dos improvisos que vamos citar aqui é o feito pelo gênio Robert De Niro no clássico Taxi Driver. Esta cena, provavelmente, é a mais famosa do filme, várias produções da cultura pop referenciam esta cena. E se ela está nesta lista é porque ela foi improvisada, não é? Pois bem, Scorsese, diretor do longa, havia pedido que De Niro simplesmente conversasse com o espelho. E, então, De Niro começou seu show. Confira:

  • Django Livre [2012]

E agora um filme do Tarantino com um improviso inusitado do Leonardo DiCaprio. Se você assistiu o filme, sabe que DiCaprio vive o vilão do longa. Em determinada cena do filme, ele se irrita e bate na mesa. Mas o que não estava no roteiro era que ele quebraria um objeto de vidro e se cortaria. E, mesmo machucado, Leo continuou a atuar naturalmente. Ou seja, o sangue que voa na atriz Kerry Washington era real e era do próprio DiCaprio.

  • O Iluminado [1980]

Este é outro dos clássicos improvisos do cinema. Quem nunca tentou imitar o Jack Nicholson falando “Here’s Johnny” como em O Iluminado? Esta cena foi totalmente improvisada pelo próprio Jack. A frase dita pelo personagem quando ele quebra a porta e coloca a cabeça no buraco aberto é o bordão de Johnny Carson do The Tonight Show.

  • Batman – O Cavaleiro das Trevas [2008]

No icônico filme que marcou Heath Ledger como um dos melhores Coringas já feitos no cinema há um improviso dele. Na cômica cena em que ele está vestido de enfermeira e acaba de sair do hospital, o Coringa tenta apertar o botão para detonar a bomba. Contudo, nada acontece, e ele continua tentando fazer funcionar. Isso gerou uma cena bastante divertida/descontraída que é a cara do personagem. Mas isso não deveria ter acontecido, a explosão deveria ter saído assim que ele apertou o botão pela primeira vez. Heath aproveitou a situação para improvisar, o susto do personagem após a explosão é genuíno (haha).

  • Star Wars – O Império Contra-Ataca [1980]

Nada mais Han Solo do que responder um “Eu te amo” com um “Eu sei”, não é? Mas isso não estava no script original. George Lucas e o elenco tiveram de regravar várias vezes esta cena com o Han respondendo “Eu também”, mas nada parecia ficar bom. Até que Harrison Ford falou que ele tinha uma ideia e soltou este improviso incrível.

Improvisos - Star Wars

  • Laranja Mecânica [1971]

Já a forte cena do personagem Alex DeLarge praticando sua ultraviolência, no filme Laranja Mecânica, enquanto canta Singing In The Rain também foi improvisada. Kubrick rodou a cena milhares de vezes e nenhuma parecia ficar boa (assim como em Star Wars). Então, o diretor falou para Malcolm McDowell fazer o que achasse melhor. E foi aí que o ator começou a fazer a cena dançando e cantando o tema de Cantando Na Chuva.

  • Nascido Para Matar [1987]

No filme Nascido Para Matar, também de Stanley Kubrick, os xingamentos e insultos feitos pelo general aos recrutas foram totalmente improvisados. Kubrick aproveitou a experiência militar do ator R. Lee Ermey para fazer com que o personagem fosse o mais crível possível. Confira!

https://youtu.be/Z5X2y_uMWJg

Mas e você? Sabia que estas cenas haviam sido improvisadas? Conhece mais algum improviso bacana de ser mencionado? Então comenta! 😀

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Você pode cancelar, se desejar. Aceitar