Sharon Tate – Você conhece a história real?

Era Uma Vez Em… Hollywood estreou nesta semana, mais precisamente no dia 15 de agosto. O filme é fantástico e, se você quiser saber mais sobre o que achamos dele, clique aqui. Pois bem, desde toda a publicidade em cima do filme, existe uma figura que recebeu muito destaque: Sharon Tate. No longa, ela é interpretada por Margot Robbie. Mas se você não conhece muito sobre a Sharon pode acabar achando a personagem muito jogada no filme. Isto porque, como dito em minha crítica, a personagem não é desenvolvida pela narrativa. Então, vamos falar um pouco sobre quem foi Sharon Tate e porque sua imagem é tão importante para a história do cinema.

Quem foi Sharon Tate?

Sharon Tate foi uma das atrizes e modelos mais influentes dos anos 60. Sua história, desde muito pequena, sempre teve como foco sua beleza inigualável. Tanto é que, desde bebê ela ganhou diversos concursos de beleza. Em sua adolescência, estudou na Itália e teve a oportunidade de estar, como figurante, no filme Adventures of a Young Man. Sua beleza surpreendeu um dos atores, que por meio de alguns contatos levou ela para outras produções. E foi assim que tudo começou, de contato em contato, a carreira de Sharon era escrita.

Mas tudo mudou quando ela, enquanto namorava o americano Jay Sebring, ela conheceu o renomado diretor Roman Polanski. Entretanto, na época ele não era tão conhecido e estava prestes a dirigir seu primeiro filme. Foi assim que ela conseguiu o papel protagonista do filme Dança dos Vampiros.

Sharon Tate e Polanski, em meio a brigas, se apaixonaram. A relação dos dois era tão difícil e o diretor era tão controlador que fez a atriz refilmar 100 vezes a mesma cena, apenas para consertar pequenos erros.

Mas, como dito anteriormente, Sharon estava com Jay Sebring, e quando estourou a notícia que ela estaria tendo um caso com Polanski, ela ligou para seu namorado e terminou com ele. Então, ela manteve sua relação com Polanski.

Sharon Tate

Em 1967 ela participou de Não Faça Onda e O Vale das Bonecas. Neste ano ela ganhou sua primeira indicação ao Globo de Ouro e o título de musa do cinema.

Como eu já disse, a beleza de Sharon foi o que movimentou boa parte e sua vida. Entretanto, ela detestava a ideia de ser lembrada apenas como a esposa bonita de um grande cineasta. Ela queria mais. E passou a recusar diversos convites para filmes. A atriz queria fazer um filme com profundidade e camadas, e pretendia seguir isto na década de 70, mas…

A Tragédia

No ano de 1968, a atriz casou-se com o diretor Polanski e engravidou dele. Sim, as brigas e o comportamento agressivo do cineasta ainda aconteciam. Ela protagonizou mais dois filmes, apenas para seguir contrato. Mas o plano de Sharon era dar uma pausa na carreira, para, então, ressurgir. O problema é que… esta pausa jamais iria acabar.

No ano seguinte, 1969, na madrugada de 8 para 9 de agosto, Sharon teve visitas inesperadas. Ela estava em sua casa junta de outros três amigos, quando três homens e uma mulher invadiram a residência. Eles eram, nada mais nada menos, do que parte da seguidores de Charles Manson.

Damon Herriman

Durante a noite do dia 8, Manson teria ordenado sua família matar  pessoas que estivessem em alta em Hollywood. E foi isso que fizeram. Interessante citar que todos os membros e seguidores de Manson escreveram “Helter Skelter”, música dos Beatles que Charles adorava.

A casa de Sharon foi invadida por  Tex Watson, Susan Atkins, Linda Kasabian e Patricia Krenwinkel, seguidores de Mason. A atriz estava acompanhada de seu ex-namorado Jay Sebring, Abigail Folger e Voytek Frykovsky. E foi então que Tate, aos 26 anos, e Jay foram mortos a facadas e enforcados.

A Repercussão

O mundo recebeu a notícia com pavor. Hollywood teve todos os estoques de lojas de armas esgotados. As pessoas estavam desesperadas, ninguém sabia quem seriam as próximas vítimas. A polícia investigava, mas não tinha noção de quem poderia ter feito isto. Apenas algum tempo depois, quando Manson e seus seguidores realizaram outra onda de assassinatos, que as peças se encaixaram e ele foi preso.

Conclusão

E é devido a esta enorme tragédia, que marcou a história de Hollywood, que Sharon Tate virou um símbolo do cinema mundial. E é por isto que ela foi escolhida para rondar o filme de Quentin Tarantino. O cineasta não queria contar sua trágica história. Mas sim, mostrar como ela vivia. Como era a atriz em si, mostrar ao público mais um pouco sobre quem era Sharon em seu cotidiano.

Mas e você? Já conhecia a história de Sharon Tate? Gostou de saber mais sobre ela? Então comenta aí! Pois queremos saber 😀

Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Você pode cancelar, se desejar. Aceitar