Prequel, Sequel, Spin-off, Reboot e Remake, entenda os termos!

O cinema tem se tornado uma arte muito mais acessível nos últimos tempos. Com isto, os termos acabam se popularizando entre o público. Mas nem sempre as pessoas os utilizam de maneira correta. Constantemente eu estou aqui esclarecendo algumas coisas sobre o mundo do cinema e das séries para vocês. E é por isso que hoje eu venho trazer mais um destes posts sobre termos do cinema! Hoje eu trago a explicação de 5 termos diferentes que são utilizados tanto nos cinemas quanto nas séries. São estes: Prequel; Sequel; Spin-off; Reboot e Remake.

Então vamos para as definições de cada um destes termos? Vamos lá!

Prequel

Star Wars - Anakin

Prequel, também conhecido como Prequela ou Prelúdio, é uma produção que se passa antes da original. Isto quer dizer que ele conta a história que aconteceu antes da obra da qual ele é derivado. Este termo é muito conhecido entre os fãs de Star Wars, por exemplo. Isso porque os episódios IV, V e VI lançados na década de 70 não possuíam estes números na época. Eles só foram nomeados assim quando a conhecida “trilogia prequel” foi lançada nos anos 2000. Mas esta não é o único grande exemplo de prequel é Red Dragon, lançado após O Silêncio dos Inocentes, mas que mostra a história anterior a este.

SequelJurassic World - Reino Ameaçado

Sequel, como o próprio nome faz lembrar, quer dizer sequência. Então, é bem intuitivo entender que um sequel é a sequência de alguma obra, diferente do prequel. Em geral, filmes que temos 2, 3 ou 4, por exemplo, são sequels. Como Homem-Aranha 1, 2 e 3 de Sam Raimi. O 2 é sequel do 1 e o 3 sequel do 2 e do 1. É bem simples de entender e, em geral, qualquer filme que tenha este padrão de “1, 2 e 3” seguem esta lógica de sequência. Outro exemplo é a falada trilogia Jurassic World, que também segue a lógica de sequels.

Spin-Off

Um spin-off é exatamente um derivado de alguma obra. Diferente do prequel e do sequel, ele não tem a obrigação de se passar antes ou depois da obra em que se deriva. Normalmente este tipo de produção foca em algum personagem que roubou a cena no filme ou série anterior, mas que não era o protagonista. Spin-offs surgem para atender uma demanda do público que quer mais sobre algum determinado personagem ou história citada na obra principal.

Grandes exemplos de spin-offs são: o filme dos Minions, que vem de Meu Malvado Favorito; a série Saúdem Todos o Rei Julien, de Madagascar; o filme Hobbs & Shawn que está para sair, de Velozes e Furiosos.

Remake

Chegamos em outro termo MUITO falado recentemente. Remakes estão cada vez mais frequentes nos cinemas. Isso porque um filme mais antigo, mas que possui uma boa história e pode ser passado para novas gerações. Um remake nada mais é do que “refazer” um filme. Seria o ato de pegar o enredo de um filme e criar um novo filme. Seja na intenção de modernizá-lo, ou simplesmente porque o diretor tem um carinho muito forte pelo filme ou tem uma visão que gostaria de compartilhar sobre o filme.  Um exemplo são os filmes de Carrie A Estranha.

Reboot

Diferente do Remake um reboot não trata de um filme apenas, mas sim de uma franquia. Pois é, enquanto um remake visa a recriação de um filme, um reboot planeja uma nova franquia baseada em uma já existente. Contudo, um reboot não prende-se ao enredo da franquia original, podendo trazer novas histórias com os mesmos personagens. Um reboot muito conhecido que já foi citado aqui são as franquias do Homem-Aranha. Nos anos 2000 tivemos a trilogia do Sam Raimi, nos anos 2010 tivemos o reboot com O Espetacular Homem-Aranha.

Tobey Maguire

É isto, expliquei aqui de forma básica, mas acredito que deu para esclarecer mais um pouco sobre os termos que são utilizados no mundo dos cinemas.

Confira, clicando aqui, a diferença entre série, seriado e sitcom!

Mas e você? Já sabia as diferenças entre os termos “prequel, sequel, spin-off” e afins? Aprendeu algo com este post? Então comenta aí! 😀
Comentários
Carregando...