Spike Lee discordou da vitória de Green Book

A noite de cerimônia do Oscar é sempre linda e uma noite de comemorações. Noite de prestigiar os grandes filmes do ano anterior e premiar aqueles que se saíram melhor. Mas, geralmente, alguns premiados não agradam a todos. E este ano muitos ficaram incomodados com a vitória de Green Book – O Guia, dirigido por Peter Farrelly, como Melhor Filme. Principalmente porque tudo apontava para uma vitória avassaladora de Roma. Mas se você acha que apenas os fãs de cinema chatos ficaram incomodados, está enganado. Grandes nomes também não gostaram da premiação de Green Book, como Spike Lee.

O diretor do filme Infiltrado Na Klan ficou extremamente irritado quando Green Book foi anunciado como vencedor. O cineasta chegou a tentar sair do teatro, mas foi impedido pelos seguranças. Ao retornar, Lee encontrou Jordan Peele que o acalmou. Entretanto, nenhum aplaudiu a vitória. Confira o momento em que Spike Lee tenta sair da cerimônia.

Depois do Oscar, Lee ainda deu entrevistas em que provocou Green Book ainda mais vezes. Já ao chegar na sala de entrevistas, entrou com uma taça de champanhe e disse: “Essa é minha sexta taça e vocês sabem a razão”. Algum tempo depois, quando perguntado sobre o vencedor de Melhor Filme, ele disse “Me deixe tomar outro gole”, em seguida disse gritando “Próxima pergunta!”. Mas os jornalistas insistiram tanto que ele disse: “Foi como estar na quadra de basquete e o juiz apitar mal.”, sobre como se sentiu com o anúncio.

Apesar de tudo, Spike Lee disse ter saído muito feliz da cerimônia, tendo ganhado seu primeiro Oscar por Infiltrado Na Klan como Melhor Roteiro Adaptado.

Mas e você? Concorda com o desgosto de Spike Lee ou acha desnecessário? Comente! 😀
Comentários
Carregando...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Você pode cancelar, se desejar. Aceitar