13 Reasons Why Pode Ter Aumentado Risco de Suicídio Adolescente Nos EUA

Pois é, este é um post que é, de certa forma, muito triste de ser escrito. Isto porque envolve a história de pessoas que tiraram as próprias vidas. Seja por depressão, seja por um momento muito triste e não necessariamente a doença em si. Contudo, aconteceu. E isso sempre houve na humanidade, não é novidade alguma. Só que nos últimos anos, na última década, os números têm sido avassaladores. É um assunto muito importante para ser tratado. Então, quando a série 13 Reasons Why foi anunciada com essa temática, muita gente ficou esperançoso. Infelizmente, quando ela foi lançada, a doença da depressão e o suicídio foram apresentados de uma forma romantizada, de certa forma. E, agora, um estudo da Universidade de Michigan apontou que a série pode ter contribuído para o aumento de risco de suicídio adolescente nos EUA.

A pesquisa realizou uma entrevista com 87 estudantes que faziam tratamento psicológico em emergências psiquiátricas relacionados ao suicídio. Deles, 49% assistiram pelo menos um episódio da série, e 84% destes viu a série sozinho. Além disso, cerca de metade deles afirmou, também, que 13 Reasons Why contribuiu para o aumento de suas tendências suicidas. Segundo eles, a identificação com a protagonista, Hannah Baker, foi o principal fator.

Segundo o organizador do estudo, Dr. Victor Hong, as produções audiovisuais necessitam ter mais cuidado ao abordar o tema. Ele também afirmou que o grupo criativo responsável por 13 Reasons Why buscou conselhos com especialistas, mas que provavelmente não colocou em prática.

Sobre 13 Reasons Why, Hong afirmou:

“A personagem principal sofre bullying, é abusada sexualmente, e tudo é retratado como se existisse uma espécie de inevitabilidade no suicídio dela, em vez de mostrar alguma resiliência e lembrar que existem adultos nas vidas dos jovens que podem ajudar.”

Conclusão do Estudo

A conclusão do estudo diz o seguinte:

“Até o momento, esse é o primeiro estudo publicado que examina os hábitos de consumo e reação a 13 Reason Why em uma amostra de alto risco. Apesar de mais informações serem necessárias, os resultados sugerem uma vulnerabilidade particular aos temas da série entre adolescentes com risco de suicídio e a importância de estratégias de prevenção para aliviar os riscos entre esse público.”

Para ler a pesquisa completa (em inglês), clique aqui.

Mas e você? O que achou da notícia e do estudo? Concorda ou discorda? O que sentiu ao assistir a série?
Comentários
Carregando...