The Witcher: As Raízes Eslavas Serão Consideradas!

Como todos já sabem, a Netflix está produzindo uma série baseada nos livros de The Witcher. Aquela série mesmo, com Henry Cavill, o Superman. Recentemente surgiram rumores que indicavam que a Ciri, filha de Geralt, seria interpretada por uma atriz negra ou asiática. E, com essa afirmação, alguns fãs ficaram preocupados com a falta de coerência com a personagem, que possui origem eslava. Mas, após a divulgação do elenco, Lauren Schmidt Hissrich, showrunner da série, esclareceu que aquela nunca foi uma opção:

“Eu acho que os fãs já imaginaram o visual dos personagens e eu não os culpo por isso. Eu entendo. Quando eu leio meus livros favoritos eu também os imagino como eu quero. Há trechos de descrição da Ciri nos livros, e as pessoas se basearam nela para imaginar suas versões dela. Eu acho que a visão sempre será diferente do que os fãs imaginaram e isso pode assustar. Mas eu sinceramente acredito que não precisa ser assim. Um dos maiores medos dos fãs é que a gente tire todo o contexto cultural de The Witcher, a ponto de remover suas raízes eslavas, o que mais orgulha os poloneses. Isso não teria como ser verdade. Eu sempre quis pegar essas histórias eslavas e entregá-las como elas são para um público global.”

Na história de The Witcher, Geralt de Rívia é um caçador de monstros que acaba com pestes em troca de dinheiro. Por ser um mutante, vive em busca de seu lugar em um mundo em que as pessoas mostram-se mais cruéis que os monstros que enfrenta. Ele também possui uma filha adotiva, Ciri, muito importante nos jogos e livros que também é guerreira e feiticeira.

A série está agendada para estrear em 2019, na Netflix. Mas, por enquanto, ainda não se tem data.

Mas você estava preocupado com a etnia dos personagens? O que achou da afirmação da showrunner? Comenta!
Comentários
Carregando...