Pedido de ordem de restrição de Stan Lee contra seu assistente é negado

A vida de Stan Lee anda bastante caótica nos últimos tempos e nem mesmo a justiça tem ficado ao seu lado. Isso porque o pedido do quadrinista contra Keya Morgan, seu assistente e gerente de negócios, para ordem de restrição foi negado pela juíza Ruth Kleman devido à falta de clareza do representante de Lee.

Seu advogado Tom Lallas declarou que no dia do julgamento, diversos advogados surgiram no tribunal se declarando como também advogados de Stan Lee. Por essa razão, a juíza negou o pedido e permitiu que o quadrinista abrisse o processo novamente.

O acusado Keya Morgan foi recentemente preso após preencher um relatório policial falso e foi liberado ao pagar uma fiança de US$20 mil. Não foram divulgados detalhes sobre esta prisão, porém especulações dizem que o assistente teria mentido que dois homens armados teriam invadido e ameaçado Stan Lee.

Absurdo este acontecimento, não acha? Comente!

Comentários
Carregando...