Surpreenda-se com os erros históricos de 5 filmes famosos

No cinema existem diversos filmes que contam sobre um período histórico, desde a idade média até a Roma antiga. E no meio de tantos filmes seria difícil não achar algum em que sua história mostra coisas, que não aconteceram na realidade. Hoje você pode conferir uma lista dos Melhores Filmes Com Erros Históricos.

O Patriota (2000)

O filme conta sobre o conflito entre o exército britânico e as forças americanas em sua guerra de independência. Apesar do filme ser muito bom, para aqueles que estudam história percebem algumas mudanças por exemplo:  No filme o personagem Benjamim Martins (Interpretado por Mel Gibson) parece ser um homem de família comum. O problema é que Francis Marion, um soldado que foi a inspiração para o personagem de Mel Gibson, era dono de escravos e só teve seu casamento no final da guerra, diferente do que o filme nos mostra. Além disso ele caçava Cherokee uma tribo de de índios americanos.

O Último Samurai (2003)

No ano de 1870 Nathan Algren (Tom Cruise) é enviado para o Japão para treinar um exército que tinha a missão de eliminar os últimos samurais. Na época estrangeiros eram contratados para modernizar o exército japonês, mas em sua grande maioria esses estrangeiros eram franceses, diferente do filme onde eles contratam um americano. Outro erro está no próprio Nathan Algren, um soldado americano que em pouco tempo, aprende a manusear uma katana melhor que os próprios samurais.

Gladiador (2000)

Dirigido por Ridley Scott, Gladiador tem o seu enredo baseado na história de Maximus (Russell Crowe) que quando estava sendo cogitado para assumir o trono de Marcus Aurelius, o filho do imperador Commodus assassina seu pai e manda matar Maximus. Ele consegue escapar da sua sentença e agora vive como um fugitivo, escondido sob a identidade de um gladiador do Império Romano.

Na história o reinado de Commodus durou 12 anos, diferente do filme que retrata esse período em apenas 2 anos, além disso ele não mata o seu pai diferente do que é mostrado no filme. O filme contém batalhas que não aconteceram, inscrições em latim escritas de forma errada e a expressão de “Fogo” que foi utilizada pelos soldados para sinalizar os arqueiros, só começou a ser usada de fato com armas de fogo ao invés de arcos e flechas.

Coração Valente (1995)

Após a mulher do escocês William Wallace (Mel Gibson) ser morta por soldados ingleses, como uma forma de se vingar, ele resolve liderar seu povo em uma luta pela liberdade da Escócia  contra o cruel Rei inglês Edward I. No filme os escoceses usam o “kilt” nas batalhas, kilt esse que só foi utilizado a partir do século XVI. Isabela após a Batalha de Falkirk tem um romance com William Wallace, porém, naquele período a personagem tinha apenas 3 anos de idade.

300 (2006)

O rei Leônidas (Gerard Butler) e seus 300 guerreiros de Esparta lutam bravamente contra o numeroso exército do rei Xerxes (Rodrigo Santoro) na Batalha de Termópilas,. Após três dias de muita luta, todos os espartanos são mortos. Esse sacrifício não foi em vão, pois a dedicação destes homens uniu a Grécia no combate contra o inimigo persa.

O primeiro erro começa no título do filme, os historiadores dizem que ao invés de 300 soldados os espartanos contavam com mais de 1000 para lutar contra os persas. O exército  espartano usava somente tiras de couro como armadura no filme, diferente da história real onde eles usavam armaduras de bronze reforçadas. E falando em vestimentas, é provável que o Imperador Xerxes não usasse suas roupas e adereços tão caricatos como foi mostrado no filme.

Acha que faltou algum filme com erros históricos na lista? Comenta aqui embaixo eu vou gostar muito de ler a sua opinião.

Comentários
Carregando...