Brenock O’Connor sofreu ameaças de morte após “matar” Jon Snow em Game of Thrones

Ser o protagonista de uma das séries mais famosas e aclamadas do momento tem seus prós e contras, como bem sabem todos os atores e atrizes de ‘Game of Thrones’. Por um lado, trabalhar neste projeto gigantesco abriu novas portas para eles, mas por outro lado, fez com que fossem vigiados constantemente pela opinião pública.

Eles são criticados por qualquer coisa que façam em sua vida íntima e até (por mais bizarro que pareça) por aquilo que fazem na série, mesmo não sendo eles os responsáveis pelo desenrolar da história. Uma das vitimas do fanatismo cego dos fãs mais exagerados de ‘Game of Thrones’, foi o jovem ator Brenock O’Connor (Olly). O jovem chegou a receber ameaças de morte depois de uma das cenas mais polêmicas de toda a série: o assassinato de Jon no último episódio da quinta temporada.

Em entrevista concedida ao ‘The Sun’, O’Connor falou do caso e de como conseguiu driblar o choque inicial por ter recebido uma ameaça tão séria. “Acordei e recebi um tweet de um estranho nos Estados Unidos, o episódio nem tinha sido exibido na Inglaterra porque tinha sido transmitido apenas nos Estados Unidos na noite anterior”, comentou. “Recebi um elogio por ter feito uma atuação tão realista”, completou O’Connor, demonstrando uma maturidade surpreendente tendo apenas quinze anos na época.

Relembrando

Olly foi o responsável por enganar Jon Snow para fazê-lo ir para fora de sua sala de Lorde Comandante, fingindo ter visto seu tio. Quando Jon estava do lado de fora, os homens da Patrulha da Noite o apunhalaram até a morte, acusando-o de traição.

É verdade que Jon Snow era (e é) um dos personagens mais adorados de ‘Game of Thrones’, e é compreensível que houvesse alguma animosidade em relação aos personagens que o assassinaram, mas… O que o ator tem a ver com tudo isso? Você concorda comigo ou com a revolta dos fãs? Comente! 😉

Comentários
Carregando...